Relação entre parâmetros ecológicos e qualidade ambiental em três córregos na bacia do alto rio Paraná

Fagner de Souza, Jéssica Aline Soares de Abreu, Carlos Eduardo da Silva, Ariane Aparecida Gouveia

Resumo


Os ambientes aquáticos frequentemente vêm sofrendo grandes distúrbios ambientais, e medidas alternativas para conservação da biodiversidade devem ser tomadas para impedir a redução da riqueza de espécies em ambientes impactados. Diante disso, partimos da hipótese que entre córregos naturais e impactados há diferenças na correlação entre os parâmetros ecológicos e qualidade ambiental. Realizamos o levantamento da assembleia de peixes em três córregos na bacia do alto rio Paraná, relacionando em cada córrego as estruturas ecológicas com a qualidade ambiental. Comparações entre a integridade ambiental e parâmetros ecológicos foram realizadas. Foram coletados 8.028 indivíduos distribuídos em três ordens, seis famílias, nove gêneros e 11 espécies. Baixos valores nos índices ecológicos junto com a baixa qualidade de hábitats foram encontrados em um dos córregos (córrego Japira), e este fato pode ser devido à grande quantidade de residências no seu entorno, que pode estar favorecendo a degradação da complexidade ambiental. Estes fatos indicam que medidas de restauração, como ações de reestruturação da mata ciliar e aplicação de programas de educação ambiental, devem ser aplicadas para recuperação e preservação ambiental destas áreas.


Palavras-chave


Assembleia de peixes; Impactos ecológicos; Rio Ivaí; Rio Pirapó; Rio Tibagi

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2013v26n4p101

Direitos autorais 2013 Fagner de Souza, Jéssica Aline Soares de Abreu, Carlos Eduardo da Silva, Ariane Aparecida Gouveia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.