Morfologia da língua e características das papilas linguais de Cuniculus paca (Rodentia: Cuniculidae)

Autores

  • Márcia Rita Fernandes Machado Universidade Estadual de São Paulo - UNESP, Jaboticabal
  • Mariana Casteleti Beraldo-Massoli Universidade Estadual de São Paulo - UNESP, Jaboticabal
  • André Luiz Quagliatto Santos Universidade Federal de Uberlândia - UFU
  • Priscilla Rosa Queiroz Ribeiro Universidade Federal de Uberlândia - UFU
  • Lorena Tannús Menezes Universidade Federal de Uberlândia - UFU
  • Mariana Oliveira Lima Universidade Federal de Uberlândia - UFU
  • Rogério Rodrigues de Souza Universidade Federal de Uberlândia - UFU
  • Lucélia Gonçalves Vieira Universidade Federal de Uberlândia - UFU

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2013v26n4p167

Palavras-chave:

Anatomia, Mamíferos, Músculos extrínsecos da língua

Resumo

Este artigo descreve a morfologia da língua, seus músculos extrínsecos e as características das papilas linguais de Cuniculus paca. Foram utilizados quinze espécimes provenientes do Setor de Animais Silvestres da Universidade Estadual Paulista (UNESP). Nessa espécie, a língua se divide em três regiões: raiz, corpo e ápice. Este último é delimitado pelo frênulo lingual, que possui aspecto de membrana fibrosa. Identificou-se também um sulco mediano e uma proeminência em sua superfície dorsal. Os músculos extrínsecos da língua são o estiloglosso, hioglosso, genioglosso, gênohioide e milohioide, estes dois últimos inseridos no aparelho hioide. Quanto à presença de papilas linguais, em todos os espécimes se observou cinco tipos de papilas: filiforme, fungiforme, valada, folheada e cônica. As papilas filiformes distribuem-se por toda a superfície do ápice e corpo da língua. São inclinadas caudalmente por todo o corpo, até que se modificam na região da raiz e formam as papilas cônicas. As papilas fungiformes distribuem-se em grande quantidade no ápice lingual, entre as papilas filiformes. Esse tipo de papila possui formato semelhante a cogumelos. Apenas duas papilas valadas estão localizadas na porção caudal da raiz lingual, possuem formato ovalado e estão envolvidas por um sulco profundo. As papilas folheadas apresentam-se em sulcos ou ranhuras paralelas localizadas na porção lateral da língua, entre as papilas valadas e a metade da proeminência intermolar. Na raiz, corpo e ápice da língua foi observado epitélio do tipo estratificado pavimentoso queratinizado, que reveste tanto as papilas linguais como a superfície entre elas.

Biografia do Autor

Márcia Rita Fernandes Machado, Universidade Estadual de São Paulo - UNESP, Jaboticabal

Mariana Casteleti Beraldo-Massoli, Universidade Estadual de São Paulo - UNESP, Jaboticabal

André Luiz Quagliatto Santos, Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Laboratório de Ensino e Pesquisa em Animais Silvestres, Morfologia animal

Priscilla Rosa Queiroz Ribeiro, Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Laboratório de Ensino e Pesquisa em Animais Silvestres, Morfologia animal

Lorena Tannús Menezes, Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Laboratório de Ensino e Pesquisa em Animais Silvestres, Morfologia animal

Mariana Oliveira Lima, Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Laboratório de Ensino e Pesquisa em Animais Silvestres, Morfologia animal

Rogério Rodrigues de Souza, Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Laboratório de Ensino e Pesquisa em Animais Silvestres, Morfologia animal

Lucélia Gonçalves Vieira, Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Laboratório de Ensino e Pesquisa em Animais Silvestres, Morfologia animal

Downloads

Publicado

2013-11-19

Edição

Seção

Artigos