Anatomia descritiva da traqueia do macaco-prego (Sapajus apella)

Luciano César

Resumo


O estudo descritivo da anatomia de animais silvestres experimenta, nos dias atuais, inegável importância. O cerrado constitui um bioma complexo que abriga uma grande variedade de espécies, entre elas, o macaco-prego (Sapajus apella); foram utilizados quatro espécimes, comparando os resultados encontrados com a literatura humana e veterinária, já bem estabelecidas. Os espécimes foram fixados em solução aquosa de formol a 10%, dissecados, analisados descritivamente e fotografados. Os resultados evidenciam uma traqueia cuja extensão varia conforme a compleição física do animal, um número variável de anéis cartilaginosos incompletos, sendo o fechamento do tubo, na face dorsal, feito por tecido musculomembranoso. A parede musculomembranosa não é uniforme em toda a sua extensão, exibindo maior largura no terço médio-cranial. Então, a traqueia do S. apella não diverge muito daquela observada no homem e animais domésticos, sendo as variações, aparentemente, relacionadas às adaptações à compleição física do animal.

 


Palavras-chave


Anatomia; Anatomia comparada; Anatomia veterinária; Traqueia

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2013v26n4p179

Direitos autorais 2013 Luciano César

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.