Atividade fitotóxica de Serjania lethalis sobre a germinação e crescimento de Panicum maximum

Viviane de Cassia Pereira, Patrícia Umeda Grisi, Pavel Dodonov, Simoni Anese, Leonardo Toffano, Sonia Cristina Juliano Gualtieri

Resumo


Este artigo analisa a atividade fitotóxica de extratos aquosos de folhas jovens e maduras de Serjania lethalis A. St. -Hil. sobre a germinação e o crescimento de sementes de Panicum maximum Jacq. Foram preparados extratos aquosos nas concentrações de 2,5, 5,0, 7,5 e 10% a partir de folhas secas e água destilada. A porcentagem de germinação, velocidade de germinação e sincronia foram afetadas negativamente pelos dois extratos. Os extratos exibiram fitotoxicidade e reduziram o crescimento de plântulas, e esses efeitos são dependentes da concentração. As diferentes concentrações dos extratos provocaram mudanças significativas no processo de germinação e crescimento de plântulas de P. maximum, em alguns casos variando devido ao estágio de maturação foliar, porém, não diferindo entre si para maioria das variáveis analisadas.


Palavras-chave


Extratos aquosos; Fitotoxicidade; Serjania lethalisuosos

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2014v27n1p29

Direitos autorais 2014 Viviane de Cassia Pereira, Patrícia Umeda Grisi, Pavel Dodonov, Simoni Anese, Leonardo Toffano, Sonia Cristina Juliano Gualtieri

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.