Lipid content of marine microalgae Chaetoceros muelleri Lemmermann (Bacillariophyceae) grown at different salinities

Autores

  • Mário Ubirajara Gonçalves Barros Professor Instituto Federal do Ceará
  • Anderson Alan da Cruz Coelho Instituto Federal do Ceará
  • José William Alves da Silva Instituto Federal do Ceará
  • João Henrique Cavalcante Bezerra Universidade Federal do Ceará
  • Renato Teixeira Moreira Instituto Federal do Ceará
  • Wladimir Ronald Lobo Farias Universidade Federal do Ceará
  • Ricardo Lafaiete Moreira Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2014v27n2p1

Resumo

http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2014v27n2p1

The production and storage of lipids by microalgae in response to variations in environmental factors are specific for each microalgal species. The present study aimed to evaluate the growth and concentration of total lipids of the microalga C. muelleri Lemmermann cultivated at three different salinities (15, 25 and 35). The experiment was conducted in triplicate, using 9-L containers (7-L working volume), with the culture being stationary or batch type. The temperature and light intensity of the cultivation room was kept at 28±1ºC and 20 μ.mol.m-2.s-1, respectively. The results showed that the lipid yield (10.41±1.89, 10.87±2.10 and 12.33±1.81% at salinities of 15, 25 and 35, respectively) was not influenced by the salt concentration (p>0.05), but the maximum cell concentration was significantly higher (p<0.05) at salinities of 15 and 25, which was 16.3±1.50 and 17.6±2.90 x 105 cells.mL-1, respectively.


Biografia do Autor

Mário Ubirajara Gonçalves Barros, Professor Instituto Federal do Ceará

Professor do curso de Aquicultura do Instituto Federal do Ceará, campus Morada Nova

Anderson Alan da Cruz Coelho, Instituto Federal do Ceará

Engenheiro de Pesca e Mestre em Engenharia de Pesca e Recursos Pesqueiros pela Universidade Federal do Ceará - UFC, na área de concentração de Biotecnologia de Organismos Aquáticos; Atualmente é professor efetivo do Instituto Federal do Ceará, realizando trabalhos com biorremediação de efluentes aquicolas, ou seja, qualidade de água, tratamento e reuso de efluentes da aquicultura

José William Alves da Silva, Instituto Federal do Ceará

Professor Efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, do campus avançado de Limoeiro do Norte. Mestre em Engenharia de Pesca e Recursos Pesqueiros pela Universidade Federal do Ceará - UFC, na área de Aquicultura. Graduação em Engenharia de Pesca pela Universidade Federal do Ceará (2011) e Análise de Sistemas Informatizados pela Faculdade Integrada do Ceará (2003). Atualmente é Pesquisador da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca, com ênfase em Piscicultura, Carcinicultura, Qualidade de Água e Cultivo de Microalgas.

João Henrique Cavalcante Bezerra, Universidade Federal do Ceará

Mestrando em Engenharia de Pesca e Recursos Pesqueiros da Universidade Federal do Ceará, especialista em Limnologia e Manejo de Recursos Aquaticos atuando em áreas de sustentabilidade de projetos aquícolas.

Renato Teixeira Moreira, Instituto Federal do Ceará

Mestrando em Engenharia de Pesca e Recursos Pesqueiros da Universidade Federal do Ceará, especialista em Limnologia e Manejo de Recursos Aquaticos atuando em áreas de sustentabilidade de projetos aquícolas.

Wladimir Ronald Lobo Farias, Universidade Federal do Ceará

Possui graduação em Engenharia de Pesca pela Universidade Federal do Ceará (1993), mestrado em Bioquímica pela Universidade Federal do Ceará (1995) e doutorado em Química Biológica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Atualmente é professor associado I da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Glicídeos, atuando principalmente nos seguintes temas: algas marinhas, polissacarídeos sulfatados, atividade biológica de polissacarídeos sulfatados e aqüicultura integrada ou multitrofica.

Ricardo Lafaiete Moreira, Universidade Federal do Ceará

Possui Graduação (2001-2006) e mestrado (2006-2008) em Engenharia de Pesca e Recursos Pesqueiros pela Universidade Federal do Ceará UFC. Atualmente é Doutorando em Biotecnologia e Genética de Recursos Aquáticos desta mesma instituição. Foi bolsista do projeto Cultivo Integrado de Tilápia do Nilo, Oreochromis niloticus, e da microalga Spirulina platensis em água proveniente de um dessanilizador no semi-árido Nordestino financiado pelo Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq). Estagiou no laboratório de produção de pós-larvas de camarão marinho (Litopenaeus vannamei) na empresa AQUACRUSTA MARINHA LTDA (Acaraú-CE), participando das atividades na produção de pós-larvas, cepário, microalga,larvicultura,artêmia,raceway e maturação e na fazenda de cultivo de camarão &quot;Mares/Qualibrás&quot; (Itapipoca - CE) atuando na cadeia produtiva do camarão Litopenaeus vannamei cultivado em águas oligohalinas, como: recepção das pós-larvas, berçário, raceway, povoamento dos viveiros, acompanhamento da engorda e despesca.

Publicado

2014-03-24

Edição

Seção

Artigos