Levantamento florístico e fitossociológico do componente arbóreo de um fragmento de Floresta Estacional Decidual em São Miguel do Oeste, Santa Catarina

Autores

  • Geniane Schneider UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina
  • Fernando Souza Rocha UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2014v27n2p43

Resumo

http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2014v27n2p43

A cobertura florestal em Santa Catarina encontra-se reduzida e fragmentada e entre as tipologias florestais mais fortemente afetadas está a Floresta Estacional Decidual. Com objetivo de conhecer a composição e estrutura do componente arbóreo de um fragmento de Floresta Estacional foram demarcadas unidades amostrais de 20 x 20 m, totalizando 0,4 ha. As espécies arbóreas com circunferência à altura do peito (CAP) ≥ 25 cm foram avaliadas e identificadas. Foram amostrados 205 indivíduos, de 54 espécies, distribuídas em 44 gêneros e 23 famílias. A estimativa da diversidade arbórea pelo índice Shannon-Weaver (H’) resultou em 3,472 (nats) e a equabilidade de Pielou (J’) em 0,870. As famílias com maior número de espécies foram Fabaceae, Myrtaceae, Meliaceae, Lauraceae e Sapindaceae e as espécies com as maiores densidades e coberturas foram Nectandra megapotamica (Spreng.) Mez, Sorocea bonplandii (Baill.) W.C. Burger, Lanjouw & Boer e Ocotea diospyrifolia (Meisn.) Mez. A riqueza e diversidade da amostra situam-se como intermediárias entre aqueles obtidos para fragmentos de Florestas Estacionais Deciduais, nos levantamentos do Inventário Florístico Florestal de Santa Catarina, evidenciando impacto da exploração e fragmentação nesta formação. Apesar do contexto, a área estudada conserva importante parcela das espécies citadas para essa tipologia florestal.

Biografia do Autor

Geniane Schneider, UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Bacharelado Ciências Biológicas pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2007). Especialização em MBA Gestão Ambiental (2010) mesma instituição. Atualmente mestranda em Biologia de Fungos Algas e Plantas pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Fernando Souza Rocha, UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2001), mestrado em Botânica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2004) e doutorado em Botânica - área de concentração em Ecologia Vegetal - pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2009). Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, na área de Ecologia Agrícola e Agroecologia. Tem experiência na área de Botânica e Ecologia, com ênfase em ecologia de comunidades vegetais, atuando principalmente nos seguintes temas: epífitos vasculares, interações entre espécies e biologia e ecologia das invasões aplicadas a agroecossistemas.

Downloads

Publicado

2014-03-26

Edição

Seção

Artigos