Escarabeídeos (Coleoptera: Scarabaeidae) de campo e floresta da Reserva Biológica de São Donato, Rio Grande do Sul, Brasil

Vinícius da Costa Silva, Rafael Parcianello Cipolatto, Arthur Diesel Abegg, Conrado Mario da Rosa, Pedro Giovâni da Silva, Rocco Alfredo Di Mare

Resumo


O objetivo deste trabalho foi comparar a riqueza, abundância e diversidade das espécies de Scarabaeidae em duas fitofisionomias (campo e floresta) e verificar se variação sazonal ao longo do ano está relacionada com variáveis climáticas. O estudo foi desenvolvido na Reserva Biológica de São Donato, Rio Grande do Sul, Brasil (bioma Pampa). As coletas foram realizadas através de armadilhas de queda, entre janeiro de 2012 e janeiro de 2013. Foram coletados 125 indivíduos e identificados seis gêneros e 11 espécies de quatro subfamílias, sendo 54 indivíduos de cinco espécies encontradas no campo e 71 indivíduos de oito espécies na floresta. As espécies mais abundantes foram Ataenius picinus Harold, 1868, Canthon lividus Blanchard, 1845 e Leucothyreus flavipes Eschscholtz, 1822, que representaram juntas 86,4% do total de indivíduos capturados. O verão apresentou o maior número de indivíduos (78) e a primavera o maior número de espécies (nove). A diferença na estrutura do ambiente (e clima associado) e provavelmente a disponibilidade diferenciada de recurso alimentar entre as duas fitofisionomias devem ser fatores limitantes e decisivos para a ocorrência de cada subfamília em determinado habitat, uma vez que várias espécies foram restritas a determinada fitofisionomia ou época do ano.


Palavras-chave


Besouros; Campo; Distribuição; Floresta; Sazonalidade

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2014v27n4p63

Direitos autorais 2014 Vinícius da Costa Silva, Rafael Parcianello Cipolatto, Arthur Diesel Abegg, Conrado Mario da Rosa, Pedro Giovâni da Silva, Rocco Alfredo Di Mare

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.