Estudo etnobotânico sobre plantas medicinais na comunidade de Curral Velho, Luís Correia, Piauí, Brasil

Autores

  • Jesus Rodrigues Lemos Universidade Federal do Piauí Campus Ministro Reis Velloso
  • Jairla Lima Araujo Sem vínculo empregatício no momento

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2015v28n2p125

Palavras-chave:

Importância relativa, Populações tradicionais, Valor de uso

Resumo

A utilização das plantas como medicamento no estado do Piauí tem sido uma prática comum que vem sendo transmitida de geração a geração. Este estudo teve por objetivo analisar o uso de plantas medicinais pelos moradores da comunidade Curral Velho, município de Luís Correia, norte do Piauí, contribuindo para o registro e a preservação do conhecimento botânico tradicional da comunidade estudada e, consequentemente, do estado. O levantamento das espécies vegetais utilizadas como recurso terapêutico foi realizado por meio de entrevistas com questionário semiestruturado aplicado a 38 informantes. As plantas foram coletadas para identificação científica. Foi determinado o valor de uso (VU), fator do consenso do informante (FCI) e importância relativa (IR) das espécies. Registraram-se 62 espécies, pertencentes a 38 famílias e 57 gêneros, com destaque para a família Fabaceae. Aristolochia triangularis, Petiveria alliaceae e Stachytarpheta cayennensis apresentaram os maiores valores de uso (VU = 3,0), sendo Turnera subulata a mais versátil. Dos 10 sistemas corporais identificados, os que apresentaram maior concentração de espécies medicinais estão relacionados a enfermidades mais corriqueiras como sinais gerais (inflamação, febre), doenças do aparelho respiratório e doenças do aparelho geniturinário. Esta pesquisa permitiu identificar alguns aspectos relevantes sobre o uso e o conhecimento de plantas medicinais na comunidade estudada. A diversidade de plantas medicinais conhecida e a obtenção das plantas na própria comunidade sugerem uma correlação entre uso/conhecimento de plantas medicinais e sua disponibilidade.

Biografia do Autor

Jesus Rodrigues Lemos, Universidade Federal do Piauí Campus Ministro Reis Velloso

Possui Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Piauí (1995), Mestrado em Biologia Vegetal pela Universidade Federal de Pernambuco (1999), Doutorado em Ciências Biológicas (Botânica) pela Universidade de São Paulo (2006) e Pós-Doutorado no Royal Botanic Gardens, Kew, Londres (2006 e 2013). Tem experiência na área de Botânica, com ênfase em Florística e Fitossociologia da vegetação de caatinga e Fitogeografia do semi-árido brasileiro. Atualmente é Professor Adjunto IV da Universidade Federal do Piauí/CMRV.

Jairla Lima Araujo, Sem vínculo empregatício no momento

Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Piauí/Campus Ministro Reis Velloso em 2014.

Downloads

Publicado

2015-03-18

Edição

Seção

Artigos