Gastrópodes (Mollusca) presentes no campus Urca da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

Autores

  • Guilherme Alexandre Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Departamento de Zoologia. Avenida Pasteur 458, 309B, Urca, RJ, Rio de Janeiro. CEP 22290-240
  • Hellen Damasceno Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Departamento de Zoologia. Avenida Pasteur 458, 309B, Urca, RJ, Rio de Janeiro. CEP 22290-240
  • Igor Miyahira Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Departamento de Zoologia. Avenida Pasteur 458, 309B, Urca, RJ, Rio de Janeiro. CEP 22290-240
  • Carlos Caetano Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Departamento de Zoologia. Avenida Pasteur 458, 309B, Urca, RJ, Rio de Janeiro. CEP 22290-240

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2017v30n4p31

Palavras-chave:

Biodiversidade, Fauna urbana, Levantamento faunístico

Resumo

Gastropoda é o grupo mais diverso de Mollusca, contudo ainda existem muitas lacunas no conhecimento, e os moluscos terrestres e de água doce são um exemplo. Desta forma, apresentamos o levantamento dos gastrópodes do campus Urca da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), área limítrofe com o Parque Natural Municipal da Paisagem Carioca e inclusa na área de amortecimento do Monumento Natural dos Morros do Pão de Açúcar e da Urca. Foram selecionados 11 pontos de amostragem e utilizamos uma metodologia direta de coleta. Ao todo foi encontrado um total de 1829 exemplares distribuídos em 18 espécies dentro de 12 famílias. O presente estudo pode mostrar a importância de áreas urbanas protegidas na conservação da fauna, tendo em vista o quantitativo de espécies nativas encontradas e o registro de primeira ocorrência de uma das espécies para o estado do Rio de Janeiro.

Biografia do Autor

Guilherme Alexandre, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Departamento de Zoologia. Avenida Pasteur 458, 309B, Urca, RJ, Rio de Janeiro. CEP 22290-240

Graduação em andamento pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). Atualmente é monitor e estagiário pelo laboratório de invertebrados aquáticos da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) .Tem experiência na área de Zoologia, com ênfase em Malacologia.

Hellen Damasceno, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Departamento de Zoologia. Avenida Pasteur 458, 309B, Urca, RJ, Rio de Janeiro. CEP 22290-240

Possui ensino médio e segundo grau pelo Colégio Santa Teresinha (2013). Tem experiência na área de Zoologia.

Igor Miyahira, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Departamento de Zoologia. Avenida Pasteur 458, 309B, Urca, RJ, Rio de Janeiro. CEP 22290-240

Biólogo do Departamento de Zoologia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), realiza atividades relacionadas ao ensino, pesquisa e extensão, além da administração universitária. Fez doutorado na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) no Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Evolução, estudando os bivalves de água doce, especialmente os pertencentes a Hyriidae. Visitou importantes coleções científicas no Brasil e no exterior durante o desenvolvimento deste trabalho, além de realizar expedições de coleta em diversas áreas do Brasil. Tem experiência na área de Zoologia, com ênfase em Malacologia, principalmente nos temas relacionados aos moluscos de água doce. Atua como professor ministrante em disciplinas de graduação e pós-graduação da UNIRIO, assim como também colaborando com palestras (teóricas e/ou práticas) inseridas em outras disciplinas. Atualmente também é segundo secretário da Sociedade Brasileira de Malacologia, além de ser editor do Informativo da SBMa.

Carlos Caetano, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Departamento de Zoologia. Avenida Pasteur 458, 309B, Urca, RJ, Rio de Janeiro. CEP 22290-240

Graduou-se em Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro-UNIRIO (nos anos de 1999 e 2001, respectivamente), é Mestre em Ciências Biológicas (Zoologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ (2001) e é Doutor em Biologia (Zoologia) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro-UERJ (2007). Tem experiência na área de Zoologia, com ênfase na Taxonomia de Moluscos Marinhos e Ecologia de invertebrados marinhos bênticos. Realizou pós-doutorado no Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (FAPESP processo nº 200803999-0). Atualmente é professor adjunto, nível 4, da UNIRIO onde exerce o cargo de Diretor do Instituto de Biociências desde 2012. Foi chefe do departamento de Zoologia (2011-2012), coordenador do curso de Especialização em Biologia Aquática (2009-2012) e é docente integrante do núcleo permanente do Mestrado em Biodiversidade Neotropical, sediado na UNIRIO.

Referências

ANDREWS, K. L.; DUNDEE, D. Las babosas Veronicellidos de Centroamerica con énfasis en Sarasinula plebeia (= Vaginuluspleheius). Ceiba, Tegucigalpa, v. 28, n. 2, p. 163-172, 1987.

ARRUDA, J. O.; GOMES, S. R.; RAMÍREZ, R.; THOMÉ, J. W. Morfoanatomia de duas espécies do gênero Omalonyx (Mollusca, Pulmonata, Succineidae) com novo registro para Minas Gerais, Brasil. Biociências, Porto Alegre, v. 14, n. 1, p. 61-70, 2007.

BENSON, A. Physella acuta. 2016. Disponível em <http://nas.er.usgs.gov/queries/factsheet.aspx?SpeciesID=1025>. Acesso em: 19 abril 2017.

BESSA, E. C. A.; ARAÚJO, J. L. B. Ocorrência de autofecundação em Subulina octona (Bruguiére) (Pulmonata, Subulinidae) sob condições de laboratório. Revista Brasileira de Zoologia, Curitiba, v. 12, n. 3, p 719-723, 1995.

BOGÉA, T.; CORDEIRO, F. M.; GOUVEIA, J. S. Melanoides tuberculatus (Gastropoda: Thiaridae) as intermediate host of Heterophyidae (Trematoda: Digenea) in Rio de Janeiro metropolitan area, Brazil. Revista do Instituto de Medicina tropical de São Paulo, São Paulo, v. 47, n. 2, p. 87-90, 2005.

BOUCHET, P.; ROCROI, J. P. Classification and Nomenclator of Gastropod Families, Malacologia, Hackenheim, v. 47, n. 1-2, p. 1-397, 2005.

BREURE, A. S. H.; ESKENS, A. A. C. Notes on and descriptions of Bulimulidae (Mollusca, Gastropoda), II. Zoologische Verhandelingen, Leiden, v. 186, n. 1, p. 1-111, 1981.

BRONSON, C.; GASKALLA, R. Invasive mollusk survey of Miami-Dade and Broward Counties. 2003. Disponível em <https://www.freshfromflorida.com/content/download/9859/135422/pdf_invasive_mollusk_survey_june2003.pdf >. Acesso: 19 abril 2017.

FERNANDEZ, M. A.; THIENGO, S. C.; BOAVENTURA M. F. Gastrópodes límnicos do Campus de Manguinhos, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, RJ. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Uberaba, v. 34, n. 3, p. 279-282, 2001.

LOPES, M. P. A. M.; NUNES, G. K. M.; DOS SANTOS, S. B. Levantamento preliminar da malacofauna do Campus do Centro Universitário da Cidade (Univercidade, Unidade Madureira), Rio de Janeiro, RJ. Disponível em <http://sbmalacologia.com.br/wp-content/uploads/2011/11/Informativo-43-182.pdf>.

MANSUR, M. C. D.; SANTOS, C. P.; PEREIRA, D.; PAZ, I. C. P.; ZURITA, M. L. T.; RODRIGUEZ, M. T. R.; NEHRKE, M. V.; BERGONCI, P. E. A. Moluscos límnicos invasores do Brasil. Porto Alegre: Redes Editora, 2012. 411 p.

MARTINS, C. M.; SIMONE R. L. A new species of Adelopoma from São Paulo urban park, Brazil (Caenogastropoda, Diplommatinidae). Journal of Conchology, Shefford, v. 41, n. 6, p. 765-773, 2014.

MAURER, R. L.; GRAEFF-TEIXEIRA, C.; THOMÉ, J. W.; CHIARADIA, L. A.; SUGAYA, H.; YOSHIMURA, K. Natural infection of Deroceras laeve (Mollusca: Gastropoda) with Metastrongylid larvae in a transmission focus of abdominal Angiostrongyliasis. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, São Paulo, v. 44, n. 1, p. 53-54, 2002.

MONTEIRO, D. P.; SANTOS, S. B. Conquiliomorfologia de Tamayoa (Tamayops) banghaasi (Thiele) (Gastropoda, Systrophiidae). Revista Brasileira de Zoologia, Curitiba, v. 18, n. 4, p. 1049-1055, 2001.

NUNES, M. Fauna urbana – A vida selvagem à nossa porta. 2011. Disponível em <https://cultivarbiodiversidade.wordpress.com/2011/09/10/fauna-urbana-%E2%80%93-a-vida-selvagem-a-nossa-porta/>. Acesso em: 22 março 2016.

OLIVEIRA, A. P. M.; GENTILE, R.; JÚNIOR, A. M.; TORRES, E. J. L.; THIENGO, S. C. Angiostrongylus cantonensis infection in molluscs in the municipality of São Gonçalo, a metropolitan area of Rio de Janeiro, Brazil: role of the invasive species Achatina fulica in parasite transmission dynamics. Memories Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, v. 110, n. 6, p. 739-744, 2015.

PARAENSE, W. L. The schistosome vectors in the Americas. Memories Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, v. 96, n. 1, p. 7-16, 2001.

PHIRI, A. M.; PHIRI, I. K.; SIKASUNGE, C. S.; MONRAD, J. Prevalence of fasciolosis in Zambian cattle observed at selected abattoirs with emphasis on age, sex and origin. Journal of Veterinary Medicine, Cairo, v. 52, n. 9, p. 414-416, 2005.

PILATE, J. V.; SILVA, L. C.; VARGAS, T.; SOUZA, B. A.; DURÇO, E. C.; BESSA, E. C. A. Repertório comportamental e horário de atividade do molusco terrestre Dysopeas muibum MARCUS & MARCUS, 1968 (Mollusca, Subulinidae) em laboratório. Revista de Biologia e Farmácia, Campina Grande, v. 8, n. 2, p. 176-188, 2012.

PONDER, W. F.; LINDBERG, D. R; Phylogeny and evolution of the Mollusca. London: University of California Press, 2008. 469 p.

ROBINSON, D. G.; HOVESTADT, A.; FIELDS, A.; BREURE, A. S. H. The land Mollusca of Dominica (Lesser Antilles), with notes on some enigmatic or rare species. Zoologische Mededelingen, Leiden, v. 83, n. 13, p. 615-650, 2009.

RODRIGUES, P.; FERNANDEZ M. A.; THIENGO, S. C.; SALGADO, N. C.; GOMES, S. R. Diversity of terrestrial molluscs in urban areas and surrounding land scapes of Rio de Janeiro State, Brasil. Tentacle, Hawaii, v. 24, n. 1, p. 39-41, 2016.

SANTOS, S. B.; MONTEIRO, P. D. Composição de gastrópodes terrestres em duas áreas do Centro de Estudos Ambientais e Desenvolvimento Sustentado (CEADS), Vila Dois Rios, Ilha Grande, Rio de Janeiro, Brasil - um estudo-piloto. Revista brasileira de Zoologia, Curitiba, v. 18, n. 1, p. 181 -190, 2001.

SILVA, A. L. Habroconus (Pseudogupya) semenlini (Moricand, 1845) (Gastropoda, Stylommatophora, Euconulidae) e malacofauna acompanhante de um fragmento de floresta nativa alterada, no Campus do Vale da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil. 2007. 107 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. 2007.

SIMONE, L. R. L. Land and freshwater molluscs of Brazil. São Paulo: FAPESP, 2006. 390 p.

SUTCHARIT, C.; NAGGS, F.; WADE, M. C.; FONTANILLA, I.; PANHA, S. The new family Diapheridae, a new species of Diaphera Albers from Thailand, and the position of the Diapheridae within a molecular phylogeny of the Streptaxoidea (Pulmonata: Stylommatophora). Zoological Journal of the Linnean Society, London, v. 160, n. 1, p. 1-16, 2010.

THIENGO, S. C.; FARACO, F. A.; SALGADO, N. C.; COWIE, R. H.; FERNANDEZ, M. A. Rapid spread of an invasive snail in South America: the giant African snail, Achatina fulica, in Brazil, Biological Invasions, Dordrecht, v. 9, n. 6, p. 693-702, 2006.

THOMÉ, J. W.; PICANÇO, J. B.; GOMES, S. R. Os caracóis e lesmas dos nossos bosques e jardins. Pelotas: USEB, 2006. 123 p.

TRYON, G. W.; PILSBRY, H. A. Manual of conchologist, structural and systematic. With illustrations of the species. Philadelphia: Academy of Natural Sciences of Philadelphia, 1885. 262 p.

Downloads

Publicado

2017-12-08

Edição

Seção

Artigos