Anatomia comparativa da artéria facial de Sus scrofa scrofa Linnaeus, 1758 (Mammalia, Suidae)

Tiago Machado Vieira, Lucas de Assis Ribeiro, Frederico Ozanam Carneiro e Silva, Henrique Inhauser Riceti Magalhães, Ygor Henrique de Paula, Fabiano Braz Romão, Jeferson Borges Barcelos, Roseâmely Angélica de Carvalho-Barros

Resumo


O javali encontra-se amplamente distribuído pelo homem em diversas partes do mundo, com exceção da Antártica. É sabido que a artéria facial e seus ramos são responsáveis por manter o suprimento sanguíneo das estruturas relacionadas com a mastigação, deglutição e produção de saliva. Diante do exposto, objetivou-se descrever as origens e distribuições das artérias faciais direita e esquerda do javali. As artérias faciais deste suídeo originaram-se da artéria carótida externa em todos os espécimes e distribuíram-se em ramos faríngeo, glandulares, musculares e ramos para linfonodos mandibulares. Ramos anastomóticos da artéria facial com a bucal e com o ramo milo-hioideo da artéria alveolar inferior foram identificados. Essa característica demonstra que a região de alocação da artéria facial nesses animais necessita de um expressivo contingente para irrigação, colaborando muito com sua eficácia funcional, bem como com o modus viventis deste animal.


Palavras-chave


Irrigação; Javali; Morfologia

Texto completo:

PDF/A

Referências


BAUBET, E.; BONENFANT, C.; BRANDT, S. Diet of the wild boar in the French Alps. Galemys, Malaga, v. 16 (Special Edition), p. 101-113, 2004.

BOUGHTON, E. H.; BOUGHTON, R. K. Modification by an invasive ecosystem engineer shifts a wet prairie to a monotypic stand. Biological Invasions, Dordrecht, v. 16, n. 10, p. 2105-2114, 2014.

BRUNI, A. C.; ZIMMERL, U. Anatomia degli animali domestici. Vol. 2. 2 ed. Milano: Casa Editrice Dr. Francesco Vallardi, 1977. 736 p.

CHOQUENOT, D.; MCILROY, J.; KORN, T. Managing vertebrate pests: feral pigs. Canberra: Australian Government Publishing Service, 1996. 163 p.

COURCHAMP, F.; CHAPUIS, J. L.; PASCAL, M. Mammal invaders on islands: impact, control and control impact. Biological Reviews, Cambridge, v. 78, p. 347-383, 2003.

CROSBY, A. W. Imperialismo ecológico. São Paulo: Companhia das Letras, 1993. 319 p.

DEBERDT, A. J.; SCHERER, S. B. O javali asselvajado: ocorrência e manejo da espécie no Brasil. Natureza & Conservação, Curitiba, v. 5, n. 2, p. 31-44, 2007.

DYCE, K. M.; WENSING, C. J. G.; SACK, W. O. Tratado de anatomia veterinária. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. 813 p.

ELLENBERGER, W.; BAUM, H. Handbuch der vergleichenden anatomie der haustiere. Berlim: Sringern Verlag, 1977. 670 p.

EVANS, H. E.; CHRISTENSEN, G. C. Muscles. In: EVANS, H. E.; de LAHUNTA, A. (Ed.). MILLER’s anatomy of the dog. 2. ed. Philadelphia: Saunders, 1979. p. 22-323.

EVANS, H. E.; de LAHUNTA, A. Guia para a dissecação do cão. 5 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001. 250 p.

FRANKENBERG, V. S. T. Levantamento e avaliação da Portaria 138/02 e Instrução Normativa 25/04, que regulamentaram o controle do javali (Sus scrofa) no Rio Grande do Sul no período compreendido entre 2003 e 2005. Produto PNUD, Projeto BRA/01/037, Brasília: Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama. 2005. 250 p.

GENOV, P. Food composition of wild boar in northeastern and western Poland. Acta Theriologica, Warzana, v. 26, p. 185-205, 1981.

GETTY, R. Sisson/Grossman anatomia dos animais domésticos. Vol. 2. 5 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1986. 2000 p.

GHOSHAL, N. G. Coração e artérias dos ruminantes. In: GETTY, R. (Ed.). Sisson/Grossman anatomia dos animais domésticos. Vol. 1. 5 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1986. p. 900-959.

GODINHO, H. P.; CARDOSO, F. M.; NASCIMENTO, J. F. Anatomia dos ruminantes domésticos. Belo Horizonte: Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Minas Gerais, 1975. 415 p.

GODINHO, H. P.; CARDOSO, F. M.; NASCIMENTO, J. F. Anatomia dos animais domésticos. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais, 1987. 416 p.

INTERNATIONAL COMMITTEE ON VETERINARY GROSS ANATOMICAL NOMENCLATURE. Nomina anatomica veterinaria. 5 ed. Knoxville: World Association on Veterinary Anatomist, 2012. 160 p.

LONG, J. L. Introduced mammals of the world: their history distribution and influence. Collingwood: CSIRO, 2003. 612 p.

MACÊDO, E. C. Origem e ramificações das artérias faciais em fetos de bovinos azebuados. 2012. 24 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia. 2012.

MAIA, R. A. C.; SEVERINO, R. S.; JÚNIOR, R. B. Origens, ramificações e distribuições das artérias faciais em suínos (Sus scrofa domesticus – Linnaeus, 1758) da linhagem Sadia. Veterinária Notícias, Uberlândia, v. 20, n. 1, p. 71-76, 2014.

MOTHEO, T. F.; MACHADO, M. R. F.; SOUZA, W. M.; OLIVEIRA, F. S. Origem e ramificação do tronco linguofacial em fetos de bufalinos sem raça definida (Bubalus bubalis bubalis). Acta Scientiae Veterinariae, Porto Alegre, v. 35, n. 2, p. 227-231, 2007.

NICKEL, R.; SCHUMMER, A.; SEIFERLE, E. The anatomy of the domestic animals. Vol. 3. Berlin: Verlag Paul Parey, 1981. 610 p.

OLIVER, W. L. R.; BRISBIN, JR, I. L. Introduced and feral pigs: problems, policy, and priorities. In: OLIVER, W. L. R. (Ed.). Pigs, peccaries and hippos: status survey and conservation action plan. Gland: International Union for the Conservation of Nature and Natural Resources, 1993. p. 179-191.

SCHWARZE, E.; SCHRÖDER, L. Compendio de anatomia veterinária. Vol. 3. Acribia: Zaragoza, Espanha, 1972. 315 p.

SILVA-JÚNIOR, N. F. S.; SEVERINO, R. S. Origens ramificações e distribuições das artérias faciais em bovinos da raça holandesa preta e branca. Horizonte Científico, Uberlândia, v. 1, n. 1, p. 1-21, 2007.

TIEPOLO, L. M., TOMAS, W. M. Ordem Artiodactyla. In: REIS, N. R.; PERACCHI, A. L.; PEDRO, W. A.; LIMA I. P. (Ed.). Mamíferos do Brasil. Londrina: Editora da Universidade Estadual de Londrina, 2006. p. 283-303.

VALÉRIO, L. A. J. Ocorrência e alimentação da linhagem javali (Sus scrofa, Mammalia, Artiodactyla) em estado silvestre no sudoeste do Rio Grande do Sul, Brasil. 1999. 56 f. Tese (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. 1999.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2017v30n4p73

Direitos autorais 2017 Tiago Machado Vieira, Lucas de Assis Ribeiro, Frederico Ozanam Carneiro e Silva, Henrique Inhauser Riceti Magalhães, Ygor Henrique de Paula, Fabiano Braz Romão, Jeferson Borges Barcelos, Roseâmely Angélica de Carvalho-Barros

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.