Reações teciduais induzidas pela abraçadeira autoestática de náilon em ligaduras de pedículos ovarianos

Autores

  • Luiz Fernando Moraes Moreira Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA
  • Luiz Fernando Souza Rodrigues Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Ednaldo Silva Filho Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA
  • Washington Luiz Assunção Pereira Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA
  • Marcella Katheryne Marques Bernal Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Sheila Canevese Rahal Universidade Estadual Paulista - UNESP
  • Frederico Ozanan Barros Monteiro Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2018v31n1p33

Palavras-chave:

Fêmeas caninas, Histologia, Ovariosalpingohisterectomia

Resumo

Objetivou-se avaliar as reações teciduais induzidas pela abraçadeira autoestática de náilon na oclusão dos pedículos ovarianos, por meio de avaliação macroscópica e histológica. Utilizaram-se 45 fêmeas caninas, sem raça definida, clinicamente sadias, com idade média de 31,11 ± 14,26 meses e peso médio de 11,26 ± 4,7 kg. Todas foram submetidas à ovariosalpingohisterectomia pela técnica minimamente invasiva. Os animais foram divididos aleatoriamente em três grupos com 15 animais cada, que foram avaliados no pós-cirúrgico imediato e aos 30 (G1), 60 (G2) e 90 dias (G3) de pós-operatório. Ao exame histológico dos pedículos contendo as abraçadeiras foi observada, no 30º dia de pós-operatório, reação inflamatória crônica com macrófagos, células gigantes e fibroplasia. No 60º dia, tecido conjuntivo totalmente organizado e em modelação, e presença de linfócitos e polimorfonucleares. No 90º dia de pós-operatório, tecido conjuntivo maduro totalmente organizado com áreas em modelação, macrófagos e linfócitos. As abraçadeiras promovem reação inflamatória que deve ser considerada no momento da aplicação do material, visto a possibilidade de interferência com outras estruturas.

Biografia do Autor

Luiz Fernando Moraes Moreira, Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA

Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA
Instituto da Saúde e Produção Animal - ISPA
Programa de Pós-graduação em Saúde e Produção Animal na Amazônia - PPGSPAA

Luiz Fernando Souza Rodrigues, Universidade Federal Rural da Amazônia

Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA
Instituto da Saúde e Produção Animal - ISPA
Programa de Pós-graduação em Saúde e Produção Animal na Amazônia - PPGSPAA

Ednaldo Silva Filho, Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA

Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA
Instituto de Ciências Agrárias - ICA

Washington Luiz Assunção Pereira, Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA

Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA
Instituto da Saúde e Produção Animal - ISPA
Programa de Pós-graduação em Saúde e Produção Animal na Amazônia - PPGSPAA

Marcella Katheryne Marques Bernal, Universidade Federal Rural da Amazônia

Aluna de Pós-graduação do Programa de Saúde e Produção Animal na Amazônia da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA).

Desenvolve projetos no Laboratório de Patologia Animal da UFRA e no Instituto Evandro Chagas. 

Sheila Canevese Rahal, Universidade Estadual Paulista - UNESP

Universidade Estadual Paulista - UNESP
Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - FMVZ

Frederico Ozanan Barros Monteiro, Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA

Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA
Instituto da Saúde e Produção Animal - ISPA
Programa de Pós-graduação em Saúde e Produção Animal na Amazônia - PPGSPAA

Referências

ATAIDE, M. W.; BRUN, M. V.; BARCELLOS, L. J. G.; BORTOLUZZI, M.; FERANTI, J. P. S.; SANTOS, F. R.; TOMAZZONI, F.; BRAMBATTI, G.; ZÍLIO, P. P.; ORO, G.; SARTORI, L. W.; MONTEIRO, A. R.; ZANELLA, R. Ovariosalpingohisterectomia vídeo-assistida ou convencional em cadelas com o uso de ligasure atlas. Ciência Rural, Santa Maria, v. 40, p. 1974-1979, 2010.

BARROS, B. J.; SANCHES, A. W.; PACHALY, J. R. Utilização de abraçadeira de náilon 6.6 (poliamida) como método de ligadura de pedículos ovarianos e coto uterino em ováriohisterectomia eletiva em cadelas (Canis familiaris). Arquivos de Ciências Veterinárias e Zoologia da UNIPAR, Umuarama, v. 12, p. 47-60, 2009.

COSTA NETO, J. M.; TEIXEIRA, E. M.; FERREIRA FILHO, E. M.; TORÍBIO, J. M. M. L.; ALMEIDA FILHO, C. H. R.; MORAES, V. J. Braçadeiras de náilon para hemostasia preventiva na ovariosalpingohisterectomia em gatas. Revista Brasileira de Saúde Produção Animal, Salvador, v. 10, p. 615-624, 2009.

CRMV-SP – CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA DE SÃO PAULO. Parecer técnico de 15 de abril de 2015. 2015. Disponível em <http://www.crmvsp.gov.br/site/noticia_ver.php?id_noticia=5463>. Acesso em: 18 fevereiro de 2016.

DEL CARLO, R. J.; GALVÃO, S. R.; TINTO, J. J. R.; PONTINI, A. C. G.; LOPES, M. A. F. Estudo macroscópico das aderências peritoneais provocadas experimentalmente em cães. Ciência Rural, Santa Maria, v. 27, p. 273-278, 1997.

HENDERSON, R. A. Formação de aderências. In: BOJRAB, M. J. (Ed.). Mecanismos da moléstia na cirurgia dos pequenos animais. 2 ed. São Paulo: Manole, 1996. p. 133-138.

LIMA, A. F. M.; LUNA, S. P. L. Some causes and consequences of canine and feline overpopulation: chance or negligence? Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP, São Paulo, v. 10, p. 32-36, 2012.

LIMA, A. F. M; LUNA, S. P. L.; RODRIGUES, M. M. P.; QUITZAN, J. G. Avaliação histológica e videolaparoscópica de ligaduras dos pedículos ovarianos realizados com mononáilon agulhado ou abraçadeiras auto-estáticas de náilon em cadelas submetidas à ovariossalpingohisterectomia pela técnica do gancho. Ars Veterinária, Jaboticabal, v. 26, p. 66-70, 2010.

MAHLOW, J. C.; SLATER, M. R. Current issues in the control of stray and feral cats. Journal of the American Veterinary Medical Association, Schaumburg, v. 209, p. 2016-2020, 1996.

MESQUITA, L. R.; RAHAL, S. C.; MATSUBARA, L. M.; MAMPRIM, M. J.; FOSCHINI, C. R.; FARIA, L. G.; KANO, W. T. Bilateral hydronephrosis and hydroureter after ovariohysterectomy using nylon cable tie: a case report. Veterinary Medicine, Lenexa, v. 60, n. 1, p. 52-56, 2015.

MIRANDA, A. H.; SILVA, L. A. F.; TAVARES, G. A.; AMARAL, A. V. C.; MIRANDA, H. G. Abraçadeira de náilon: resistência à tração em testes físicos e seu emprego como cerclagem no fêmur de cães. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 7, p. 299-307, 2006.

RINGLER, D. J. Inflamação e reparo. In: JONES, T. C.; HUNT, R. D.; KING, N. W. Patologia veterinária. 6 ed. São Paulo: Manole, 2000. p. 119-166.

SORBELLO, A. A.; GUIDUGLI NETO, J.; ANDRETTO, R. Alternativa para ligadura em cirurgias videoendoscópicas ou convencionais, com emprego de fitas de nylon, em estudo experimental. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgia, Rio de Janeiro, v. 26, p. 24-26, 1999.

Downloads

Publicado

2018-03-12

Edição

Seção

Artigos