Exploração de recursos alimentares por psitacídeos (Aves: Psittaciformes) em uma área urbana no Brasil

Carolina Prudente Marques, Diogo Ferreira do Amaral, Vinicius Guerra, Alexandre Gabriel Franchin, Oswaldo Marçal Júnior

Resumo


Psitacídeos que vivem em cidades podem utilizar as praças urbanas como áreas para reprodução, refúgio ou alimentação. No entanto, existe pouco conhecimento sobre a dieta dessas aves nestes ambientes. Assim, este trabalho teve como objetivos identificar os recursos alimentares explorados por psitacídeos em praças urbanas e verificar as estratégias de forrageamento utilizadas. Foram visitados 10 praças urbanas da cidade de Uberlândia, MG, Brasil, no período de maio a dezembro de 2011. As aves foram investigadas pelos métodos animal-focal e ad libitum. As observações foram realizadas pela manhã e no final da tarde, totalizando 480 h de esforço amostral. Foram registrados 278 eventos de alimentação de quatro espécies de psitacídeos: Eupsittula aurea, Psittacara leucophthalmus, Brotogeris chiriri e Diopsittaca nobilis. As aves observadas consumiram recursos alimentares de 33 espécies vegetais, incluindo frutos (somente polpa, polpa junto com semente ou somente semente), flores, néctar e folhas. As famílias de plantas mais exploradas foram Fabaceae, Bignoniaceae e Arecaceae. A dieta dos psitacídeos foi bastante diversificada, com a exploração de uma ampla gama de espécies vegetais, principalmente as exóticas. Isso evidencia a importância das praças urbanas na alimentação, permanência e conservação de algumas espécies de psitacídeos nos centros urbanos.


Palavras-chave


Dieta; Ecologia de aves; Ecologia urbana; Espécies exóticas; Frugivoria

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2018v31n2p33

Direitos autorais 2018 Carolina Prudente Marques, Diogo Ferreira do Amaral, Vinicius Guerra, Alexandre Gabriel Franchin, Oswaldo Marçal Júnior

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.