Visão geral da distribuição de Ascogregarina (Apicomplexa: Lecudinidae) e seu papel no desenvolvimento biológico de Aedes aegypti e Ae. albopictus

Thiago Nunes Pereira, Josiane Somariva Prophiro, Guilherme Liberato da Silva, Joice Guilherme de Oliveira, Onilda Santos da Silva

Resumo


As ascogregarinas são protozoários, pertencentes ao filo Apicomplexa, que parasitam várias espécies de invertebrados, incluindo algumas importantes espécies de mosquitos envolvidas na transmissão de arboviroses, como dengue, febre amarela, chikungunya e zika. As espécies gregarinas mais frequentemente reportadas em mosquitos são Ascogregarina culicis, A. taiwanensis e A. barreti, as quais possuem Aedes aegypti, Ae. albopictus e Ae. triseriatus como hospedeiros naturais, respectivamente. Estudos têm demonstrado que o parasitismo de algumas espécies de Ascogregarina pode influenciar negativamente o desenvolvimento biológico desses mosquitos e tal influência depende da sua distribuição ambiental. Assim, nesta revisão, foi verificada a distribuição de espécies de Ascogregarina em vários países, bem como sua influência no desenvolvimento de mosquitos e seu possível uso como controle destes insetos.


Palavras-chave


Arboviroses; Controle de mosquitos; Parasitismo

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2018v31n3p1

Direitos autorais 2018 Thiago Nunes Pereira, Josiane Somariva Prophiro, Guilherme Liberato da Silva, Joice Guilherme de Oliveira, Onilda Santos da Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.