Efeito da abundância dos adultos sobre as ninfas de Gerromorpha (Heteroptera) em riachos de Cerrado no estado de Goiás

Autores

  • Kevin Cardoso Universidade Federal do Pará - UFPA
  • Kesley Gadelha Universidade Federal do Pará- UFPA
  • Gustavo Ferreira Universidade Federal do Pará- UFPA
  • Kenned Silva Universidade Federal do Pará- UFPA
  • Paulo Augusto Oliveira Universidade Federal do Pará- UFPA
  • Karen Moy Universidade Federal do Pará- UFPA
  • Thiago Vieira Universidade Federal do Pará- UFPA
  • Karina Dias-Silva Universidade Federal do Pará- UFPA

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2019v32n2p71

Palavras-chave:

Canibalismo, Coexistência, Insetos aquáticos, Integridade de habitat, Predação

Resumo

Entender como as espécies interagem entre si e como o ambiente afeta as espécies é um dos objetivos que os ecólogos ainda buscam responder. Diante disso os nossos objetivos foram avaliar o efeito (i) da abundância de adultos de Gerromorpha, (ii) da integridade de habitat e (iii) das condições morfológicas (largura, profundidade e declividade) do riacho sobre a abundância de ninfas de Heteroptera semiaquáticos (Gerromorpha). As coletas foram realizadas em 21 córregos na região de Barro Alto e Niquelândia, no estado de Goiás. A abundância de adultos de Gerromorpha exerce efeito positivo sobre a abundância de ninfas. A integridade de habitat, as variáveis morfológicas do canal (largura, profundidade e a declividade) não exerceram efeito sobre a abundância de ninfas e de adultos de Gerromorpha. Em ambientes tropicais, adultos e ninfas de Gerromorpha coexistem sem prejuízos, e as variáveis ambientais não exercem efeito sobre a abundância de ninfas de Gerromorpha. A proteção das ninfas é importante do ponto de vista populacional, pois garante a manutenção e o crescimento das populações presentes na comunidade e, consequentemente, evita extinções locais de espécies.

Biografia do Autor

Kevin Cardoso, Universidade Federal do Pará - UFPA

Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas, Faculdade de Ciências Biológicas, Universidade Federal do Pará-UFPA.

Kesley Gadelha, Universidade Federal do Pará- UFPA

Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas, Faculdade de Ciências Biológicas, Universidade Federal do Pará-UFPA.

Gustavo Ferreira, Universidade Federal do Pará- UFPA

Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas, Faculdade de Ciências Biológicas, Universidade Federal do Pará-UFPA.

Kenned Silva, Universidade Federal do Pará- UFPA

Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas, Faculdade de Ciências Biológicas, Universidade Federal do Pará-UFPA.

Paulo Augusto Oliveira, Universidade Federal do Pará- UFPA

Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas, Faculdade de Ciências Biológicas, Universidade Federal do Pará-UFPA.

Karen Moy, Universidade Federal do Pará- UFPA

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pará (2017). Com experiência adquirida através de estágio, na área da Parasitologia, com ênfase em vetores e doenças tropicais, assim como em Ecologia, com ênfase em polinizadores associados a plantas. Atualmente mestranda no Programa Pós-Graduação em Biodiversidade e Conservação pela Universidade Federal do Pará (Campus Altamira), atuando na área da ecologia, com ênfase em insetos aquáticos e semi-aquáticos, da subordem Heteroptera.

Thiago Vieira, Universidade Federal do Pará- UFPA

Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Espírito Santo (2009), graduação em Licenciatura plena em ciêcias biológicas pela Universidade Federal do Espírito Santo (2009), mestrado em Ecologia e Evolução pela Universidade Federal de Goiás (2011) e doutorado em Ecologia e Evolução pela Universidade Federal de Goiás (2015). Professor adjunto da Universidade Federal do Pará, campus de Altamira. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia de Ecossistemas, atuando principalmente nos seguintes temas: ictiofauna, quiropterofauna, restinga, riachos e cerrado.

Karina Dias-Silva, Universidade Federal do Pará- UFPA

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado de Mato Grosso (2006). Mestrado em Ciências Ambientais ênfase em Gestão ambiental pela Universidade do Estado de Mato Grosso e Doutorado em Ciências Ambientais pela Universidade Federal de Goiás (2015). Tem experiência na área de Zoologia e Ecologia de riachos, com ênfase em ecologia de Heteroptera aquáticos e semi-aquáticos. Tem interesse em assuntos relacionados ao efeito dos diferentes tipos de uso de solo sobre a integridade de ecossistemas aquáticos, utilização de diferentes índices de integridade e índices de vegetação para avaliação da integridade ambiental de riachos e sua relação com a fauna aquática e aspectos sociais e econômicos do modelo de desenvolvimento agrícola nas diferentes regiões do Brasil.

Referências

ALLAN, J. D.; CASTILLO, M. M. Stream Ecology: structure and function of running waters. 2 ed. New York: Chapman and Hall. 2007. 444 p.

CABETTE, H. S. R.; GIEHL, N. F. S.; DIAS-SILVA, K.; JUEN, L.; BATISTA, J. B. Distribuição de Nepomorpha e Gerromorpha (Insecta: Heteroptera) da Bacia Hidrográfica do Rio Suiá-Miçu, MT: riqueza relacionada à qualidade da água e do hábitat. In: SANTOS, J. E.; GALBIATI, C.; MOSCHINI, L. E. (Org.). Gestão e educação ambiental: água, biodiversidade e cultura. São Carlos: RiMa, 2010. p.113-137.

CÁRCAMO, H.; SPENCE, J. Kin Discrimination and Cannibalism in Water Striders (Heteroptera: Gerridae): Another Look. Oikos, Copenhagen, v. 70, n. 3, p. 412-416, 1994.

COSSINS, A. R.; CRAWFORD, D. L. Fish as models for environmental genomics. Nature, London, v. 6, p. 324-331, 2005.

CUNHA, E. J.; JUEN, L. Impacts of oil palm plantations on changes in environmental heterogeneity and Heteroptera (Gerromorpha and Nepomorpha) diversity. Journal Insect and Conservation, London, v. 21, p. 111-119, 2017.

CUNHA, E. J.; MONTAG, L. F. A.; JUEN, L. Oil palm crops effects on environmental integrity of Amazonian streams and Heteropteran (Hemiptera) species diversity. Ecological Indicators, Amsterdam, v. 52, p. 422-429, 2015.

DIAS-SILVA, K.; CABETTE, H. S. R.; GIEHL, N. F. S.; JUEN, L. Distribuição de Heteroptera aquáticos (Insecta) em diferentes tipos de substratos de córregos do Cerrado Matogrossense. EntomoBrasilis, Vassouras, v. 6, n. 2, p. 132-140, 2013.

DIAS-SILVA, K.; CABETTE, H. R. S.; JUEN, L.; DE MARCO, P. JR. The influence of habitat integrity and physical-chemical water variables on the structure of aquatic and semi-aquatic Heteroptera. Zoologia, Curitiba, v. 27, p. 918-930, 2010.

GIEHL, N. F. S.; BRASIL, L. S.; DIAS-SILVA, K.; NOGUEIRA, D. S.; CABETTE, H. S. R. Environmental Thresholds of Nepomorpha in Cerrado Streams, Brazilian Savannah. Neotropical Entomology, Londrina, v. 48, n. 2, p.186-196, 2018.

HUTCHINSON, G. E. Homage to Santa Rosalia or why are there so many kinds of animals? The American Naturalist, Chicago, v. 93, n. 870, p. 145-159, 1959.

NESSIMIAM, J. L.; VENTICINQUE, E.; ZUANON, J.; DE MARCO, P. JR.; GORDO, M.; FIDELIS, L.; BATISTA, J. D.; JUEN, L. Land use, habitat integrity, and aquatic insect assemblages in Central Amazonian streams. Hydrobiologia, Brussels, v. 614, p. 117-131, 2008.

NIESER, N.; MELO, A. L. Os heterópteros aquáticos de Minas Gerais. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1997. 177 p.

NIMER, E. Climatologia do Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 1989. 422 p.

NUMMELIN, M. Cannibalism in waterstriders (Heteroptera: Gerridae): is there kin recognition? Oikos, Copenhagen, v. 56, p. 87-90, 1989.

NUMMELIN, M.; VEPSÄLÄINEN, K.; SPENCE, J. R. Habitat partitioning among developmental stages of waterstriders (Heteroptera: Gerridae). Oikos, Copenhagen, v. 42, p. 267-275, 1984.

PANIZZI, A. R.; PARRA, J. R. P. Insect bioecology and nutrition for integrated pest management. New York: CRC Press, 2012. 750 p.

PEEL, M. C.; FINLAYSON, B. L.; MCMAHON, T. A. Updated world map of the Köppen-Geiger climate classification. Hydrology and Earth System Sciences, Göttingen, v. 11, n. 5, p. 1633-1644, 2007.

POLHEMUS, J. T.; POLHEMUS, D. A. Global diversity of true bugs (Heteroptera: Insecta) in freshwater. Hydrobiologia, Brussels, v. 595, p. 379-391, 2008.

SCHUH, R. T.; SLATER, J. A. True bugs of the World (Hemiptera: Heteroptera): classification and natural history. Ithaca and London: Cornell University Press, 1995. 336 p.

SOUZA, M. A. A. de; MELO, A. L. de; VIANNA, G. J. C. Heterópteros aquáticos oriundos do município de Mariana, MG. Neotropical Entomology, Londrina, v. 35, n. 6, p. 803-810, 2006.

SPENCE, J. R.; ANDERSEN, N. M. Biology of waterstriders: interactions between systematics and ecology. Annual Review of Entomology, Palo Alto, v. 39, p. 97-124, 1994.

SPENCE, R. S.; CÁRCAMO, H. A. Effects of cannibalism and intraguild predation on pondskaters (Gerridae). Oikos, Copenhagen, v. 62, p. 333-341, 1991.

VIEIRA, T. B.; DIAS-SILVA, K.; PACÍFICO E. S. Effects of riparian vegetation integrity on fish and heteroptera communities. Applied Ecology and Environmental Research, Budapest, v. 13, n. 1, p. 53-65, 2015.

ZAR, J. H. Biostatistical analysis. New Jersey: Prentice Hall, 2010. 944 p.

Downloads

Publicado

2019-06-03

Edição

Seção

Artigos