Conhecimento etnoentomológico dos moradores do município de Buriticupu, Maranhão, Brasil

Autores

  • Andreson de Carvalho Alves Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão
  • Amália dos Anjos Beims Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão
  • Elisama de Melo Alencar Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão
  • Franciane Alencar de Lima Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão
  • Kaires Mayane da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão
  • Elson Silva de Sousa Laboratório de Ecologia e Conservação, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão
  • Reinaldo Lucas Cajaiba Laboratório de Ecologia e Conservação, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2019v32n2p97

Palavras-chave:

Conhecimento tradicional, Etnobiologia, Percepções

Resumo

Os insetos desempenham funções vitais nos ecossistemas em que ocorrem, porém são muitas vezes percebidos de forma negativa pelo homem. Essa percepção é domínio da etnoentomologia, que, de modo geral, tem contribuído para unir os conhecimentos científicos e os saberes tradicionais. Tendo isso em vista, este estudo teve como objetivo avaliar a percepção da população do município de Buriticupu, Maranhão, sobre os insetos. Foram entrevistados 107 moradores, por meio do emprego de formulários semiestruturados. Os resultados demonstraram que o termo “inseto” foi associado tanto a animais que pertencem à classe Insecta como a outros grupos taxonômicos e que a maioria dos entrevistados apresenta um sentimento negativo em relação aos insetos. A percepção negativa a respeitos dos insetos, aliada à ausência do conhecimento, pela comunidade, acerca da importância deles na natureza, fortalece ações agressivas contra tais animais. As informações obtidas neste estudo devem ser usadas em palestras e em projetos de extensão que venham a informar a população sobre a importância dos insetos.

Biografia do Autor

Andreson de Carvalho Alves, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão

Graduando em Licenciatura de Biologia pelo Instituto Federal do Maranhão - Campus Buriticupu

Amália dos Anjos Beims, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão

Atualmente é graduanda em Licenciatura em Biologia no IFMA, campus Buriticupu. Atua principalmente nos seguintes temas: ensino-aprendizagem, docência e biodiversidade.

Elisama de Melo Alencar, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão

Graduando em Licenciatura de Biologia pelo Instituto Federal do Maranhão - Campus Buriticupu

Franciane Alencar de Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão

Graduando em Licenciatura de Biologia pelo Instituto Federal do Maranhão - Campus Buriticupu

Kaires Mayane da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão

Graduanda em Biologia pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão

Elson Silva de Sousa, Laboratório de Ecologia e Conservação, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão

Possui mestrado em Docência em Educação em Ciências e Matemática pela Universidade Federal do Pará, especialização em Ensino de Genética pela Universidade Estadual do Maranhão, especialização em Metodologia de Ensino de Ciências Biológicas e graduação em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci. É professor efetivo do Instituto Federal do Maranhão, atuando principalmente no ensino de ciências biológicas na educação profissional técnica de nível médio e educação superior, na avaliação e orientação de projetos de iniciação científica, de extensão e trabalhos de conclusão de curso. É membro do Grupo de Pesquisa em Ecologia e Conservação (GPEC/IFMA) e Coordenador de Área do subprojeto de Biologia do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (CAPES/PIBID/IFMA). Tem experiência e interesse nas áreas de ensino e aprendizagem de ciências e biologia com destaque para tópicos de morfologia e genética, educação ambiental e etnobiologia.

Reinaldo Lucas Cajaiba, Laboratório de Ecologia e Conservação, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão

Doutor em Ciências Ambientais (Ambiente e Desenvolvimento) com linha de pesquisa em Ecologia pela Univates. Possui graduação em Biologia (Bacharelado e Licenciatura), graduação em Química (Licenciatura). Mestrado em Engenharia do Ambiente (Utad, Portugal) e mestrado em Forest and Nature Conservation, com ênfase em Ecology (Wageningen University, Holanda). Fez estágio na University of South Florida (EUA), no programa de Conservation Biology; Estágio na Wageningen University (Holanda) no programa de Biodiversity and sustainability; estágio realizado na Facultad de Biología da Universidad de Barcelona (Espanha), no programa de Bioinformàtica i Bioestadística usando Modelos Dinámicos; estágio no Department of Entomology, National Museum of Natural History, Smithsonian Institution, Washington, DC, USA. É professor efetivo de Biologia do Instituto Federal do Maranhão, campus Buriticupu. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Entomologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Ecologia de insetos com ênfase em Coleópteros como bioindicadores da qualidade ambiental em diferentes usos do solo.

Referências

ALENCAR, J. B. R.; SILVA, E. F.; SANTOS, V. M.; SOARES, H. K. L.; LUCENA, R. F. P.; BRITO, C. H. Percepção e uso de “insetos” em duas comunidades rurais no semiárido do estado da Paraíba. Biofar: Revista de Biologia e Farmácia, Campina Grande, v. 9, n. esp., p. 72-91, 2012.

ALVES, M. T. A.; FREIRE, J. E.; BRAGA, P. E. T. O conhecimento local sobre os insetos pelos moradores do município de Groaíras, Ceará. Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde, Campo Grande, v. 19, n. 1, p. 7-15, 2015.

BOHAN, D. A.; BOURSAULT, A.; BROOKS, D. R.; PETIT, S. National-scale regulation of the weed seedbank by carabid predators. Journal of Applied Ecology, London, v. 48, n. 4, p. 888-898, 2011.

BOMFIM, B. L. S.; FONSECA FILHO, I. C.; FARIAS, J. C.; FRANÇA, S. M.; BARROS, R. F. M.; SILVA, P. R. R. Etnoentomologia em comunidade rural do cerrado piauiense. Desenvolvimento e Meio Ambiente, Curitiba, v. 39, p. 189-205, 2016.

CAJAIBA, R. L.; PERICO, E.; DALZOCHIO, M. S.; SILVA, W. B.; BASTOS, R.; CABRAL, J. A.; SANTOS, M. G. Does the composition of Scarabaeidae (Coleoptera) communities reflect the extent of land use changes in the Brazilian Amazon?. Ecological Indicators, Amsterdam, v. 74, p. 285-294, 2017a.

CAJAIBA, R. L.; PERICO, E.; SILVA, W. B.; SANTOS, M. Attractiveness of Scarabaeinae (Coleoptera: Scarabaeidae) to different baits in the Brazilian Amazon region. Revista de Biología Tropical, San José, v. 65, n. 3, p. 917-924, 2017b.

CAJAIBA, R. L.; PERICO, E.; SILVA, W. B.; VIEIRA, T. B.; DALZOCHIO, M. S.; BASTOS, R.; CABRAL, J. A.; SANTOS, M. How informative is the response of Ground Beetles (Coleoptera: Carabidae) assemblages to anthropogenic land use changes? Insights for ecological status assessments from a case study in the Neotropics. Science of the Total Environment, Amsterdam, v. 636, p. 1219-1227, 2018.

CAJAIBA, R. L.; SILVA, W. B. Percepção dos alunos do ensino médio sobre os insetos antes e após aulas práticas: um estudo de caso no município de Uruará, Pará. Revista Lugares de Educação, Bananeiras, v. 5, n. 11, p. 118-132, 2015.

CAJAIBA, R. L.; SILVA, W. B. Aulas práticas de Entomologia como mecanismo facilitador no aprendizado de taxonomia para alunos do ensino médio. Scientia Amazonia, Manaus, v. 6, n. 1, p. 107-116, 2017.

CARVALHO FILHO, D. S. Etnoentomologia: a percepção de moradores do povoado de Bom Sucesso, município de Mata Roma, Maranhão, Brasil a respeito dos insetos. 2017. 22 f. Monografia (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Maranhão, Chapadinha. 2017.

CORREIA FILHO, F. L.; GOMES, É. R.; NUNES, O. O.; LOPES FILHO, J. B. (Org.). Projeto cadastro de fontes de abastecimento por água subterrânea, estado do Maranhão: relatório diagnóstico do município de Buriticupu. Teresina: CPRM – Serviço Geológico do Brasil, 2011. 31 p.

COSTA NETO, E. M. Conhecimentos e usos tradicionais de recursos faunísticos por uma comunidade Afro-brasileira. Resultados preliminares. Interciência, Caracas, v. 25, n. 9, p. 423-421. 2000a.

COSTA NETO, E. M. Introdução à etnoentomologia: considerações metodológicas e estudo de casos. Feira de Santana: UEFS, 2000b. 131 p.

COSTA NETO, E. M. Manual de Etnoentomologia. Volume 100. Zaragoza: Editora Zaragoza, Sociedad Entomológica Aragonesa, 2002. 104 p.

COSTA NETO, E. M. Estudos etnoentomológicos no estado da Bahia, Brasil: uma homenagem aos 50 anos do campo de pesquisa. Biotemas, Florianópolis, v. 17, n. 1, p. 117-149, 2004.

COSTA NETO, E. M.; MAGALHÃES, H. F. The ethnocategory “insect” in the conception of the inhabitants of Tapera County, São Gonçalo dos Campos, Bahia, Brazil. Anais da Academia Brasileira de Ciências, Rio de Janeiro, v. 79, n. 2, p. 239-249, 2007.

IBGE. Censo Demográfico 2010, área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011. Disponível em <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ma/buriticupu>. Acesso em: 09 maio 2018.

GOODENOUGH, W. H. In pursuit of culture. Annual Review of Anthropology, New York, v. 32, n. 1, p. 1-12, 2003.

HERMOGENES, G. C.; LACERDA, F. G.; CARMASSI, G. R.; RODRIGUES, L. N. Percepção entomológica de graduandos da Universidade Federal do Espírito Santo, ES, Brasil. EntomoBrasilis, Vassouras, v. 9, n. 3, p. 180-186, 2016.

HOLANDA-NETO, J. P.; FREITAS, B. M.; BUENO, D. M.; ARAÚJO, Z. B. Low seed/nut productivity in cashew (Anacardium occidentale): effects of self-incompatibility and honey bee (Apis mellifera) behaviour. The Journal of Horticultural Science and Biotechnology, London, v. 77, n. 2, p. 226-231, 2002.

JORGE, V. C.; SÁNCHEZ, D. C. M.; SOUZA, M. D.; PASA, M. C.; REZENDE, E. H. Conhecimentos entomológicos pelos moradores do bairro Verdão em Cuiabá – MT. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v. 10, n. 18, p. 3814-3824, 2014.

LIMA, J. S.; MARTINS, J. S. C.; PEREIRA, K. S.; SOUSA, E. S.; CAJAIBA, R. L. Composição gravimétrica de resíduos sólidos em escolas públicas e privadas no município de Buriticupu, MA. Scientia Amazonia, Manaus, v. 6, n. 3, p. 11-16, 2017.

MELO, A. C. B.; ARAÚJO, F. L.; FREIRE, J. E.; BRAGA, P. E. T. O conhecimento popular acerca dos insetos no município de Cariré, Ceará, Brasil. Ciência e Natura, Santa Maria, v. 37, n. 2, p. 253-260, 2015.

MODRO, A. F. H.; COSTA, M. S.; MAIA, E.; ABURAYA, F. H. Percepção entomológica por docentes e discentes do município de Santa Cruz do Xingu, Mato Grosso, Brasil. Biotemas, Florianópolis, v. 22, n. 2, p. 153-159, 2009.

MONTENEGRO, I. F.; ALENCAR, J. B. R.; SILVA, E.F.; LUCENA, R. F. P. L.; BRITO, C. H. Conhecimento, percepção e uso de animais categorizados como “insetos” em uma comunidade rural no semiárido do estado da Paraíba, Nordeste do Brasil. Gaia Scientia, João Pessoa, v. 8, n. 2, p. 250-270, 2014.

NITZU, E.; NAE, A.; POPA, I. The fauna of soil beetles (Edaphic Coleoptera) as a sensitive indicator of evolution and conservation of ecosystems. A study on the altitudinal gradient in the Rodnei Mountains Biosphere Reserve (the Carpathians). Monographs, Viena, v. 12, p. 405-416, 2008.

PETIZA, S.; HAMADA, N.; BRUNO, A. C.; COSTA NETO, E. M. Etnoentomología Baniwa. Boletín de la Sociedad Entomológica Aragonesa, Zaragoza, n. 52, p. 323-343, 2013a.

PETIZA, S.; HAMADA, N.; BRUNO, A. C.; COSTA NETO, E. M. Etnotaxonomia entomológica baniwa na cidade de São Gabriel da Cachoeira, estado do Amazonas, Brasil. Revista de Antropologia, Belém, v. 5, n. 3, p. 708-732, 2013b.

POSEY, D. A. Entomologia de tribos indígenas da Amazônia. In: RIBEIRO, D. (Ed.). Suma etnológica brasileira. Vol. 1. Rio de Janeiro: Petrópolis Vozes/Finep, 1986. p. 251-272.

POSEY D. A. Temas e inquirições em etnoentomologia: algumas sugestões quanto à geração de hipóteses. Boletim Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, v. 3, n. 2, p. 99-134, 1987.

QODRI, A.; RAFIUDIN, R.; MOEDJITO, W. A. Diversity and abundance of Carabidae and Staphylinidae (Insecta: Coleoptera) in four montane habitat types on Mt. Bawakaraeng, South Sulawesi. Hayati Journal of Biosciences, Amsterdam, v. 23, n. 1, p. 22-28, 2016.

SANTOS, J. R. L.; THOMAS, S. E. O.; DORVAL, A.; PASA, M. C. A etnoentomologia na comunidade Mata Cavalo de Baixo em Nossa Senhora do Livramento, MT, Brasil. Biodiversidade, Rondonópolis, v. 14, n. 2, p. 84-92, 2015.

SILVA, T. F. P.; COSTA NETO; E. M. Percepção de insetos por moradores da comunidade Olhos D’Água, município de Cabaceiras do Paraguaçu, Bahia, Brasil. Boletín de La Sociedad Entomológica Aragonesa, Zaragoza, v. 35, n. 1, p. 261-268, 2004.

ULYSSÉA, M. A.; HANAZAKI, N.; LOPES, B. C. Percepção e uso dos insetos pelos moradores da comunidade de Ribeirão da Ilha, Santa Catarina, Brasil. Biotemas, Florianópolis, v. 23, n. 3, p. 1191-202, 2010.

Downloads

Publicado

2019-06-03

Edição

Seção

Artigos