Descrição de uma nova espécie do gênero Cavia Pallas, 1766 (Mammalia - Caviidae) das Ilhas dos Moleques do Sul, Santa Catarina, Sul do Brasil

Autores

  • Jorge José Cherem Instituto de Biociências - PUCRS
  • José Olimpio Departamento de Ecologia e Zoologia - CCB - UFSC
  • Alfredo Ximenez Laboratório de Mamíferos Aquáticos. Departamento de Ecologia e Zoologia - CCB. UFSC

Resumo

Descreve-se uma nova espécie de Cavia Pallas, 1766 (Mammalia - Caviidae) com base em 20 crânios e 9 peles procedentes de uma ilha do Arquipélago de Moleques do Sul (Estado de Santa Catarina, Sul do Brasil), situada a 14 km do continente. Esta espécie apresenta tamanho e coloração intermediários entre C. aperea e C. magna. No crânio, difere das demais espécies brasileiras de Cavia por mostrar crista sagital achatada, côndilos occipitais largos, forâmen magno amplo, fenda labial rasa no segundo prisma dos molares superiores, prismas do pré-molar mandibular com largura semelhante, primeiro prisma do último molar mandibular mais largo do que o segundo e fenda lingual pequena neste prisma. São apresentados alguns dados sobre a história natural desta nova espécie, a qual pode ter-se originado a partir do isolamento de uma população de C. magna há 8.000 anos atrás.

Biografia do Autor

Jorge José Cherem, Instituto de Biociências - PUCRS

Possui Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina e Mestrado em Biociências (Zoologia) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. É pesquisador colaborador do Laboratorio de Mamíferos Aquáticos da Universidade Federal de Santa Catarina e cooperado da Caipora Cooperativa Para Conservação e Proteção dos Recursos Naturais.Mais informações no Currículo Lattes.

Downloads

Publicado

1999-01-01

Edição

Seção

Artigos