Interações interespecíficas dos mamíferos marinhos na região da Baía de Guaratuba, litoral sul do Estado do Paraná

Emygdio Leite Araujo Monteiro-Filho, Carolina Aimoré Bonin, Marina Rautenberg

Resumo


O estudo sobre as interações interespecíficas de mamíferos marinhos foi feito na Baía de Guaratuba e adjacências, no litoral sul do Estado do Paraná. As interações envolveram: a) Duas espécies de golfinhos, Sotalia fluviatilis guianensis e Tursiops truncatus, que desenvolviam atividades de pesca em conjunto. Apesar desta interação só ter sido observada uma vez, ela aparentou ser harmônica e com resultados positivos para ambas as espécies; b) Interações entre golfinhos e aves como o ciconiforme Ardea cocoi e o pelicaniforme Sula leucogaster. As interações ocorriam quando os golfinhos arrebanhavam peixes para sua pesca e estes peixes eram também capturados pelas aves. De uma maneira geral este tipo de interação foi positiva somente para as aves, aparentando ser indiferente para os golfinhos; c) Interaçõe entre homens e golfinhos. Neste caso a interação pode ser positiva para ambas as espécies, haja visto que ao arrebanharem os peixes e os conduzirem em direção à praias, os golfinhos beneficiavam os pescadores; por outro lado, a utilização de tarrafas espantava os peixes de volta para os golfinhos. Há contudo, um viés negativo, quando alguns moradores da região conduzem suas embarcações contra os golfinhos visando a afastá-los das áreas de pesca; d) Interações entre homens e pinípedes. Estas ocorrem quando leões-marinhos (Otaria flavescens) e lobos-marinhos (Arctocephalus tropicalis e A. australis) param nas praias para descansar e são frequentemente capturados e levados para cativeiro, onde acabam morrendo em pouco tempo. Mortes aparentemente acidentais também podem ocorrer.

Palavras-chave


Interações; Cetáceos; Pinípedes; Comportamento; Brasil

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 1999 Emygdio Leite Araujo Monteiro-Filho, Carolina Aimoré Bonin, Marina Rautenberg

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.