Caracterização histological e detecção de células endócrinas no estomago de peixes de água doce, com diferentes hábitos alimentares

Eduardo França Castro, Cláudio César Fonseca, Eliane Menin Eliane Menin, Marco Túlio David das Neves

Resumo


Células endócrinas do neuroendócrino gastroenteropancreático desempenham diversas funções na fisiologia da digestão. No entanto, estudos de tais células que propiciem subsídios morfológicos para pesquisa a respeito de aspectos nutricionais que visem o aumento na produção da  piscicultura no Brasil , são muito escassos. Foram utilizadas três espécies de Teleostei de água doce, com diferentes estrutural  microscópica da parede das  diferentes regiões do estomago, além da detenção, quantificação média e distribuição de células endócrinas nesta região. Os  espécimes foram coletados,identificados aos procedimentos rotineiros para obtenção dos constituintes  do aparelho digestório, cujos fragmentos foram submetidos a processamento histológico, desde a  fixação,  inclusão em parafina, até a colocação. Os resultados obtidos evidenciaram que a estrutura da parede do estomago não apresentou diferenças significativas entre as espécies estruturadas e que o número médio de células argirófilas no estomago (0,0021 células/mm²) é cerca de 38.000 a 57.000 vezes menor, se comparado ao observado em ,mamíferos, como gambá, camundongos e porco. Embora a detecção de células endócrinas no estomago possa indicar um possível controle endócrino local, estudo em peixes, são ainda necessários.


Palavras-chave


Células endócrinas; Morfologia; Estomago; Peixes.

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2003 Eduardo França Castro, Cláudio César Fonseca, Eliane Menin Eliane Menin, Marco Túlio David das Neves

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.