Parasitoids of flies collected on human faeces in Itumbiara County, Goias State, Brasil

Carlos Henrique marchiori, Luiz Alex Pereira, Otacilio Moreira Silva Filho, Lalyne Cristhine Silva Ribeiro, Vanessa Rodrigues Borges

Resumo


Diferentes espécies de parasitóides associados com moscas coletadas em fezes humanas em Itumbiara, Estado de Goiás Brasil. Foram utilizadas armadilhas de lata com coloração preta , com iscas e areia. As pupas obtidas foram extraídas por peneiração e  individualização em capsulas de gelatina até a emergência das moscas adultas e /ou parasitóides. A preferência das espécies de parasitóides por seus hospedeiros foi testada pelo teste do Qui- quadrado, a 5.0% de probabilidade. No período de março de 2001 a abril de 2002 foram coletadas 180 espécies de parasitóides em 823 pupas de dípteros. Numero variáveis de parasitóides de 6 espécies de parasitóides foram obtidos de pupas de moscas infestadas: 22 especimens de Gnathopleura  quadridentata Wharton (Braconidae), 21 e especimens de Brachymeria (Fabricius) Chalcididae), 23 especimens de Hemencyrtus herbertii Asmead (Encyrtidae), 1 especimens de Paraganaspis egeria Diaz and Gallardo (Eucoilidae), 13 spécimens de Nasonia vitripennis (Walker) and 100 especimens de Pachycrepoideus vindemiae (Rondani) (Pteromalidae). A percentagem total de parasitismo foi de 21.9%. A percentagem total de parasitismo  em Gnathopleura quadridentata, Brachymeria podagrica, Hemencyrtus herbertii, Paraganaspis egeria, Nasonia 0.1%, 1.5% e 12.1%, respectivamente. Este é o primeiro relato da ocorrência de Brachymeria podagrica (Fabricius) (Hymenoptera: Chalcididae) parasitando pupas de Ophyra sp. (Diptera: Muscidae) no Brasil.

Palavras-chave


Insecta; Diptera; Hymenoptera; Inimigo natural

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2003 Carlos Henrique marchiori, Luiz Alex Pereira, Otacilio Moreira Silva Filho, Lalyne Cristhine Silva Ribeiro, Vanessa Rodrigues Borges

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.