Diversidade de formigas (Hymenoptera: Formicidae) em Seara, oeste de Santa Catarina

Rogério Rosa da Silva, Rogério Silvestre

Resumo


A riqueza de espécies de formigas de sarapilheira em um município do oeste de Santa Catarina foi avaliada usando-se o extrator de Winkler. Seis sítios foram estudados e 110 amostras coletadas. A similaridade da fauna entre os sítios foi calculada a partir da análise de 10 amostras de cada sítio. Foram identificadas 7 subfamílias, 40 gêneros e 92 espécies de formigas nas seis áreas coletadas. Os gêneros mais ricos em espécies foram Pheidole (12 espécies), Brachymyrmex (10), Solenopsis (9), Hypoponera e Strumigenys (ambas com 5). Os valores de similaridade entre os sítios podem ser considerados moderadamente altos e não houve uma correlação significativa entre os valores de similaridade e distância das áreas coletadas.

Palavras-chave


Formigas; Oeste de Santa Catarina; Riqueza de espécies; Similaridade

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2000 Rogério Rosa da Silva, Rogério Silvestre

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.