Adaptação temporal e o ambiente cavernícola: uma interpretação

Sonia Hoenen, Mirian David Marques

Resumo


O estudo da fauna cavernícola é instigante porque abre possibilidades de realização de trabalhos em que é possível testas hipóteses sobre a evoluçao de caracteres e discutir possíveis formas de adaptação. A identificação de características adaptativas em uma espécie é feita classicamente através da comparação de características morfológicas, fisiológicas e comportamentais entre espécies próximas. A cronobiologia veio introduzir características temporais, que permitem ampliar a análise e mudar o enfoque da comparação. Dadas as peculiaridades do ambiente cavernícola, poder-se-ia esperar encontrar formas especiais de adaptação temporal, abrindo-se assim novas perspectivas nos estudos de evolução da ritmicidade e das estratégias adaptativas de espécies cavernícolas. O objetivo aqui é apresentar algumas das possibilidades de interpretação da adaptação temporal em cavernícolas.

Palavras-chave


Ritmos biológicos; Espécies cavernícolas; Adaptação; Evolução; Cronobiologia

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2000 Sonia Hoenen, Mirian David Marques

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.