Angioarquitetura e microvascularisazação do testículo no cão (Canis familiaris, L.).

Hamilton Emídio Duarte, Antonio Marcos Orsi, Carlos Alberto Vicentini

Resumo


No cão a artéria testicular é continuação direta, ao nível albuginico, da artéria testicular e prove a irrigação testicular através da emissão de ramos primários, secundários e terciários.  As artérias formam artérias interlo bulares e intralobulares e destas as arteríolas testiculares, que por sua vez formam as redes capilares cujo comportamento anatômico foi previamente descrito nesta esspecie (Duarte ET al., 1994). As confluências das redes capilares testiculares formam vênulas e depois veias com padrão anatômico similar, porem mais plexiforme que os vasos arteriais. A drenagem venosa testicular no cão conflui, predominantemente, para a formação do plexo pampiniforme, junto ao pólo cranial do testículo. A ramificação e a distri bução dos vasos arteriais e venosos testiculares no cão são aqui analisadas e descritas, comparativamente com outras observações previamente realizadas.


Palavras-chave


Testículo; Angioarquitetura; Microvascularização ; Anatomia.

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 1995 Hamilton Emídio Duarte, Antonio Marcos Orsi, Carlos Alberto Vicentini

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.