O controle mnêmico como determinante dos comportamentos típicos da espécie

César Ades

Resumo


Pesquisas recentes mostram que processos de memória desempenham um papel importante na organização de muitos comportamentos típicos da espécie, tornando necessárias abordagens que levem em conta, de maneira explícita, a capacidade dos organismos reterem e usarem a informação. O controle mnêmico, descrito neste artigo, é uma memória especializada, episódica, dependente-da-tarefa, cuja influência se integra à dos estímulos imediatos. Ele é seletivo (postula-se a existência de um mecanismo mnêmico seletivo), estruturado e sujeito a transformação, seja através de processos combinatórios, seja através de uma obtenção ulterior de informação. Uma abordagem comparativa ajudará a proporcionar maior compreensão acerca dos aspectos causais e adaptativos do controle mnêmico.

Palavras-chave


Memória; Etologia; Comportamento instintivo

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 1991 César Ades

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.