O lugar do biólogo na psicologia; o ponto de vista da etologia

Ana Maria Almeida Carvalho

Resumo


Reflete-se, neste trabalho, sobre a possibilidade de contribuição do enfoque etológico à Psicologia, especialmente no sentido de se formular um conceito de homem que recupere sua unidade bio-psico-social. Esta reflexão é desenvolvida a partir de dois argumentos: a questão da oposição inato-adquirido, e de sua superação a partir dos avanções do conhecimento sobre o comportamento animal, é colocada de forma a questionar a aparente incompatibilidade entre as implicações de um enfoque etológico e o fato da plasticidade humana; em extensão a esse argumento, sustenta-se a impossiblidade de opor biologia e cultura como fatores determinantes da especificidade humana, e procura-se explicitar as implicações de um conceito do ser humano como espécie biologicamente social.

Palavras-chave


Etologia humana; Biologia; Psicologia

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 1989 Ana Maria Almeida Carvalho

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.