Fenologia reprodutiva de Syagrus romanzoffiana (Cham.) Glassman (Arecaceae) em Floresta Atlântica no sul do Brasil

Romualdo Morelatto Begnini, Fernanda Ribeiro da Silva, Tânia Tarabini Castellani

Resumo


Este estudo avaliou a fenologia reprodutiva de Syagrus romanzoffiana em área de vegetação secundária de Floresta Atlântica no Parque Municipal da Lagoa do Peri, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. As avaliações foram feitas a cada 30 dias, em 39 palmeiras reprodutivas, de junho de 2006 a julho de 2008. Dois eventos de floração foram registrados, um de novembro de 2006 a fevereiro de 2007 e outro de outubro de 2007 a março de 2008, com maior intensidade em dezembro de 2006 (média±dp) (0,38±0,63 inflorescências/planta) e janeiro de 2008 (0,59±0,55). A frutificação foi contínua, com frutos verdes presentes em todos os 26 meses e maior intensidade em março de 2008 (1,64±1,11 infrutescências/planta). Os frutos maduros estiveram presentes de forma descontínua, podendo ocorrer entre março e novembro, com as maiores intensidades em julho de 2006 (0,56±0,50) e em julho de 2008 (0,51±0,51). As médias mensais de inflorescências e de infrutescências maduras por planta apresentaram correlações significativas com o fotoperíodo, a precipitação e a temperatura dos meses correntes do período de estudo. Syagrus romanzoffiana apresentou variações na intensidade reprodutiva entre 2006 e 2008, com períodos de maior e de menor intensidade.


Palavras-chave


Floração; Frutificação; Intensidade reprodutiva; Palmeira; Variáveis climáticas

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2013v26n4p53

Direitos autorais 2013 Romualdo Morelatto Begnini, Fernanda Ribeiro da Silva, Tânia Tarabini Castellani

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.