Limitações ao uso de Apis mellifera (Hymenoptera: Apidae) para a polinização dirigida de cultivares: um estudo de caso com a pereira-portuguesa (Pyrus communis L. cv. Rocha)

André Amarildo Sezerino, Afonso Inácio Orth

Resumo


A existência de polinizadores capazes de promover a xenogamia é um fator decisivo na produtividade dos pomares. Por ser alógama, devido à autoincompatibilidade gametofítica, a maioria das cultivares europeias de pereiras não produzem frutos com sementes sem a presença de insetos polinizadores. Portanto, o correto manejo e a qualidade das colmeias de Apis mellifera instaladas nos pomares são imprescindíveis para assegurar produções economicamente viáveis. Nesse contexto, objetivou-se avaliar alguns aspectos do sistema de polinização dirigida com A. mellifera que podem interferir decisivamente na eficiência da polinização em um pomar comercial de pereira portuguesa nas condições ecológicas do planalto serrano catarinense, no Sul do Brasil. Foi observada uma baixa visitação de abelhas nas flores de pereira, possivelmente devido a dois fatores: competição floral e densidade insuficiente de colmeias instaladas no pomar. Não foi observada a deposição de pólen nos estigmas, o que confirma a deficiência de polinização na área. A qualidade das colmeias alugadas apresentou diferenças entre os anos, com presença do ácaro Varroa destructor e do microsporídeo Nosema ceranae, os quais podem ter contribuído para o despovoamento das colmeias durante o período de floração e, consequentemente, redução da deposição de pólen no estigma das flores da cultivar produtora de frutos.


Palavras-chave


Abelhas; Apicultura; Nosema ceranae; Pera; Varroa destructor

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2015v28n2p73

Direitos autorais 2015 André Amarildo Sezerino, Afonso Inácio Orth

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.