Representações do “Rural”: como definir este espaço em meio a maior complexidade da rede de “interdependências”?

Autores

  • Francisco Gildevan Holanda do Carmo Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8951.2016v17n110p18

Palavras-chave:

Configuração, Interdependência, Espaço Rural, Heterogeneidade

Resumo

O artigo destaca principais contribuições de Norbert Elias para analisar os espaços rurais brasileiros, expressando sua complexidade e relação com os ambientes citadinos. Utilizaram-se os conceitos de configuração e interdependência. O texto expressa a dinamicidade na constituição destes espaços. O artigo inclui análises dedicadas aos espaços rurais. Indica-se uma heterogeneidade dos mesmos relacionada às novas relações que estes espaços estabelecem com o urbano. Ao rural são atribuídas diferentes funções nesta configuração. Exemplos destacados são sua importância para preservação do meio ambiente e patrimônio cultural, prática do turismo, lazer. Aponta-se que ao compreender este espaço como parte de uma configuração maior, englobando campo e cidade, as análises de Elias permitem apreender as complexas relações estabelecidas entre os espaços. Estes se influenciam, se transformam. Definir o rural não é uma tarefa simples diante da complexidade da sua rede de interdependência, da constituição de novas ruralidades.

Biografia do Autor

Francisco Gildevan Holanda do Carmo, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Professor de história da educação básica da rede pública de ensino do Estado do Rio Grande do Norte e aluno regular do mestrado em Ciências Sociais e Humanas da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Downloads

Publicado

2017-08-18