Conferências Estaduais de Saúde em Santa Catarina: memória e perfil sócio-político dos delegados

Tânia Regina Kruger

Resumo


O objetivo deste texto é refletir sobre o significado das Conferências de Saúde no contexto do SUS e de apresentar elementos da memória das Conferências sete Estaduais de Saúde em Santa Catarina. Para recuperar dados objetivos das Conferências Estaduais de Saúde que começaram a acontecer após da regulamentação do SUS em 1990 foi realizada pesquisa bibliográfica e documental para recuperar dados do seu processo organizativo. O texto se completa com a apresentação comparativa do perfil sócio-político dos participantes da 5ª e 6ª Conferência Estadual de Saúde de Santa Catarina realizadas em 2007 e 2011 respectivamente. A pesquisa contempla dados dos quatro segmentos participantes (usuários, trabalhadores, gestores e prestadores de serviços privados), em relação ao sexo, idade, formação, ocupação e participação política. 

 


Palavras-chave


Conferência de Saúde; Participação Social; SUS

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8951.2016v17n110p78

Direitos autorais 2017 Tânia Regina Kruger

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada sob uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

 

Cad. de Pesq. Interdisc. em Ci-s. Hum-s., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1984-8951.