Lumpemproletarização juvenil e contestação social na Grande Buenos Aires

Autores

  • Lisandro Rodrigues Braga Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5007/1980-3532.2012n8p38

Palavras-chave:

Acumulação integral, Lumpemproletarização, Movimento Piqueteiro, Contestação social, Juventude

Resumo

O presente artigo pretende abordar a dinâmica da lumpemproletarização na Argentina, sua relação com o desencadeamento de diversas lutas, o surgimento de vários movimentos e práticas de resistências sociais (movimentos de trabalhadores desempregados, assembleias populares, autogestão nos bairros, realização de bloqueios de ruas, estradas e pontes etc.) e a ampla participação da juventude nessas ações. Para isso, analisaremos o engendramento de um novo padrão de acumulação, expresso em um novo regime de acumulação (acumulação flexível para Harvey, 2008 e acumulação integral para Viana, 2009), algumas de suas principais formas e determinações, assim como, a intensa lumpemproletarização da juventude e o caráter contestador de suas lutas sociais na Grande Buenos Aires (GBA), entre os anos de 1995-2002.

Biografia do Autor

Lisandro Rodrigues Braga, Universidade Federal de Goiás

Cientista político e Sociólogo.

Downloads

Publicado

2013-09-27

Edição

Seção

Artigos