O cinismo e o capitalismo: ideologia e teoria radical em Slavoj Žižek

Rodrigo José Fernandes de Barros

Resumo


O conceito de Ideologia se apresenta das mais diversas formas possíveis na teoria social. De falsa consciência, conjunto de ideias a percepção da realidade, mas também é característico em nosso tempo o dito fim das ideologias; viveríamos em tempos pós-ideológicos depois de findada a Guerra Fria. O filósofo esloveno Slavoj Žižek se destaca entre os intelectuais de esquerda que vão contra essa maré, ao tentar mostrar a pertinência desse conceito na atualidade. Este artigo visa expor, através de revisão bibliográfica e análise conceitual, a nova forma que o conceito de Ideologia assume na teoria de Žižek, assim como ela se difere das concepções clássicas presentes na teoria marxista clássica.


Palavras-chave


Ideologia; Teoria Crítica; Sociologia; Teoria Social; Filosofia

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1980-3532.2014n11p145

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada sob uma Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported License.

Em Debat: Rev., ISSNe 1980-3532, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.