Para uma compreensão materialista histórica e dialética do conceito de classe: uma retomada das obras clássicas de Marx e Engels e das produções de E.P. Thompson

Luísa Bonetti Scirea, Raphael Sansonetti Valverde

Resumo


Classe Social é um dos principais conceitos na tradição marxista e um dos conceitos chave das Ciências Sociais. A relevância deste para a análise das identidades e sociedades contemporâneas é atualmente debatida e problematizada, ganhando destaque no debate entre marxistas e pós-marxistas, assim como na suposta emergência de uma “nova classe média brasileira” a partir dos “Anos Lula” (2003-2011). Este artigo busca contribuir para a qualificação deste debate na medida em que retoma noção de classe social dentro da tradição marxista, explicitando diferentes tratamentos deste conceito nas obras de Marx e Engels e mobilizando o historiador inglês E. P. Thompson para exemplificar como um membro de uma abordagem “materialista histórica” da tradição marxista continuou a mobilizar e dar sentido ao conceito de classe social.


Palavras-chave


Ciências Humanas; Sociologia; Ciência Política

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1980-3532.2017n17p36

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada sob uma Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported License.

Em Debat: Rev., ISSNe 1980-3532, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.