Simmel e Bauman: modernidade e individualização

Alan Mocellim

Resumo


Georg Simmel, como um dos fundadores da sociologia, e Zygmunt Bauman, como um dos mais produtivos sociólogos da atualidade, ambos desenvolveram uma teoria da modernidade, e também uma teoria da individualização. Podemos notar também, além da centralidade desses temas, uma similaridade na maneira como os abordam. Ambos buscaram compreender a importância da razão na modernidade, e identificaram - cada um da sua maneira e em sua época - o aspecto móvel, dinâmico e instável da modernidade. Neste artigo iremos debater as idéias de Simmel e Bauman concernentes à modernidade e à individualização, buscando estabelecer diferenças e semelhanças no modo como abordam esses temas.


Palavras-chave


Modernidade; Individualização; Simmel; Bauman

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2007 Alan Mocellim

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

R. Em Tese, revista do PPGSP da UFSC, Brasil, ISSNe 1806-5023

Licença Creative Commons
Revista licenciado pela Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.