Para entender sociologia: os manuais escolares de Maria Olga Mattar

Patrícia dos Santos Dotti do Prado

Resumo


Maria Olga Mattar foi professora de sociologia da UFPR (1951-1981), da PUCPR (1955-2006) e efetiva do Colégio Estadual do Paraná (1952-1981). Ainda nos anos 1970, confeccionou para suas aulas duas apostilas de ensino. Editadas no livro Organização e Contexto Social: para entender sociologia (1998), eram uma introdução à epistemologia das ciências sociais. Este artigo analisa o referido livro, compreendendo sua confecção e conteúdo. De linhagem durkheimiana, a sociologia dos manuais de Mattar era ciência descritiva e comparativa dos agrupamentos humanos, cujos objetos por excelência eram a organização e o contexto sociais. Traço distintivo dos manuais são suas sínteses pessoais acerca das teorias sociológicas, em um registro de generalização e unidade teórica.



Palavras-chave


Sociologia; Manuais Escolares; Trajetórias Intelectuais; Mulheres

Texto completo:

PDF/A

Referências


AZEVEDO, Fernando. Princípios de sociologia. São Paulo: Melhoramentos, 1951

BOURDIEU, Pierre. As condições sociais da circulação internacional das ideias. Revista Enfoques, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, 2002.

DRESCH, Gabriella Ane Dresch. Entre instituições e projetores: Loureiro Fernandes e os usos dos filmes etnográficos. Trabalho de conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2016.

DURKHEIM, Émile. As regras do método sociológico. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

GUÉRIOS, Paulo Renato. Trajetórias intelectuais marcadas entre a ciência e a religião: José Loureiro Fernandes e a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras do Paraná. Campos, v. 18, n. 1-2, 2017.

KLAS, Arthur Orlando. História de vida: uma socióloga e educadora paranaense da cidade de Palmeira. Palmeira: Instituto Histórico e Geográfico de Palmeira, 2013.

LEÃO, A. Carneiro. Panorama sociológico do Brasil. Rio de Janeiro: Nacional, 1958;

MANNHEIM, Karl. O problema da “intelligentsia”: um estudo do seu papel no passado e no presente. In ______. Sociologia da cultura. São Paulo: Perspectiva, 2012.

MATTAR, Maria Olga. Maria Olga Mattar completa 53 anos dedicados à educação. In: Vida Universitária PUCPR, n. 170, mar. 2007.

MATTAR, Maria Olga. Contexto e Organização Social: para aprender sociologia. Curitiba: [s.e.], 1998.

MATTAR, Maria Olga. Raízes da exclusão social, o preconceito e sua força desagregadora na sociedade. Curitiba: Gráfica Ativa, 2005.

MATTAR, Rita de Cássia. Raízes de uma trajetória docente no âmbito de ser mulher. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2017.

MENEZES, Djacir. O problema da realidade objetiva. Rio de Janeiro: MEC, 1971.

MEUCCI, Simone. A institucionalização da Sociologia no Brasil: os primeiros manuais e cursos. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – UNICAMP, Campinas, 2000.

MEUCCI, Simone. Sobre a rotinização da sociologia no Brasil: os primeiros manuais didáticos, seus autores, suas expectativas. Mediações, Londrina, v. 12, n. 1, p. 31-66, jan/jun. 2007.

OGANAUSKAS, Gabriel Cardeal. A constituição das ciências sociais na UFPR – 1938 a 1960. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2007.

OLIVEIRA, Márcio. Sociologia das ciências sociais no Paraná. In: ______. (org.). As ciências sociais no Paraná. Curitiba: Protexto, 2006.

PRADO, Patrícia dos Santos Dotti do. De autodidatas a cientistas: a institucionalização do curso de ciências sociais da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras do Paraná, 1938-1960. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2017.

WESTPHALEN, Cecília Maria. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras do Paraná – 50 anos. Curitiba: SBPH-PR, 1988.




DOI: https://doi.org/10.5007/1806-5023-2924.2019v16n1p95

Direitos autorais 2019 Patrícia dos Santos Dotti do Prado

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

R. Em Tese, revista do PPGSP da UFSC, Brasil, ISSNe 1806-5023

Licença Creative Commons
Revista licenciado pela Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.