Redes reais e virtuais e as políticas da vida

Autores

  • Vera Fátima Gasparetto Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/1806-5023.2012v9n2p82

Palavras-chave:

ciberativismo, redes, movimentos sociais, comunicação

Resumo

O livro da Socióloga Maria Cristina Bunn é resultado da tese de Doutorado em sociologia, defendida na Universidade Federal do Ceará em 2004, na qual a autora pesquisou a utilização do ciberespaço[1] pelo Centro Feminista de Estudos e Assessoria (CFEMEA)[2]. A autora reflete teoricamente sobre práticas e potencialidades dos movimentos sociais para a construção de direitos das mulheres em rede de modo a ampliar a cidadania e a democracia.. Atualmente Bunn é vinculada à Universidade Federal do Maranhão e atua nos temas redes, hibridismos culturais, movimentos sociais, direitos humanos, cibercultura, sociologia da cultura, entre outros.

Biografia do Autor

Vera Fátima Gasparetto, Universidade Federal de Santa Catarina

Jornalista, Mestranda em Sociologia Política, Centro de Filosofia e Humanidades, Pós-Graduação em Sociologia Política da Universidade Federal de Santa Catarina

Downloads

Publicado

2012-12-02

Edição

Seção

Resenhas