As empresas recuperadas pelos trabalhadores na Argentina e no Brasil

Maria Alejandra Paulucci

Resumo


As experiências das empresas recuperadas pelos trabalhadores convertessem nos últimos anos num fenômeno social, político e econômico que forma parte da realidade de vários países de America Latina, como por exemplo, Argentina, Brasil e Uruguai, entre outros. Não obstante, em cada um dos países apresentasse de um modo particular, condicionado por seu próprio contexto cultural, político, econômico e social. De fato a pesar de vivenciar processos econômicos similares (implementação de políticas neoliberais nos anos 90, precarização das condições laborais, aumento do desemprego, fechamento de pequenas e médias empresas) os trabalhadores, os dirigentes políticos e sindicais e os movimentos sociais escolhem diferentes ferramentas e agem coletivamente estabelecendo vínculos entre a sociedade e o Estado com a finalidade de dar continuidade aos empreendimentos.

 

 

 

 


Palavras-chave


Sociologia Política

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/1806-5023.2013v10n1p136

Direitos autorais 2013 Maria Alejandra Paulucci

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

R. Em Tese, revista do PPGSP da UFSC, Brasil, ISSNe 1806-5023

Licença Creative Commons
Revista licenciado pela Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.