Política das artes e arte da pesquisa: entrevista com Francisco Alambert

Autores

  • Josnei Di Carlo Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

DOI:

https://doi.org/10.5007/1806-5023.2016v13n1p243

Palavras-chave:

Bienal, Crítica de Arte, Guerra do Paraguai, Mário Pedrosa, Sérgio Milliet

Resumo

Nesta entrevista de Francisco Alambert, do Departamento de História da Universidade de São Paulo (USP), concedida a Josnei Di Carlo, doutorando em Sociologia Política da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), as falas versam sobre elementos analíticos que permitem a triangulação crítica entre história, política e o campo das artes. Tendo como eixo a história das bienais de São Paulo, Alambert dialoga com abordagens políticas que tangenciam o espectro da modernidade no Brasil. Orbitando sobre diferentes temáticas no campo das artes, cultura e literatura, a entrevista permite uma reflexão acerca da imprensa enquanto fonte e objeto de pesquisa além das artes e suas articulações com a política.

Downloads

Publicado

2016-07-09

Edição

Seção

Entrevista