A contribuição neokantiana para a fundação das ciências sociais

Iann Endo Lobo

Resumo


O presente artigo pretende tratar da importância do pensamento neokantiano para o desenvolvimento das ciências sociais. Para tanto, foca nas ideias de alguns pensadores da escola neokantiana de Baden, sobretudo, Wilhelm Windelband e Heinrich Ricker, enquanto analisa a influência dessa escola na sociologia weberiana, principalmente no que tange seu aspecto espistemológico e metodológico. Assim, o artigo é dividido em três partes. A primeira se concentra na contextualização histórica e nos problemas gerais com os quais se depara o neokantismo. Enquanto A segunda visa analisar o modo como Rickert e Windelband categorizam os diferentes tipos de conhecimento e formas de saberes científicos, apontando as afinidades dos teóricos com Weber. Por fim, a terceira seção se encarrega de analisar a discussão acerca da relação entre ciência e valores, segundo Rickert, novamente evidenciando sua importância na fundamentação da sociologia weberiana.

Palavras-chave


Valor; Neocriticismo; Epistemologia; Weber; Rickert

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1806-5023.2018v15n2p57

Direitos autorais 2018 Iann Endo Lobo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

R. Em Tese, revista do PPGSP da UFSC, Brasil, ISSNe 1806-5023

Licença Creative Commons
Revista licenciado pela Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.