Vaticínios sobre o Golpe de 1964 no pensamento social e político brasileiro

Ricardo Ramos Shiota

Resumo


Foi o golpe de Estado de 1964 uma surpresa para os pensadores políticos das esquerdas? Com base na história das ideias, este artigo pretende demonstrar que diversos intelectuais, na conjuntura que levou ao golpe contra o governo de João Goulart, levantaram hipóteses e fizeram vaticínios a respeito da possibilidade de um golpe das classes dominantes, associadas ou não à caserna, o qual viria a impedir o avanço da conquista de direitos sociais e fechar o jogo político democrático no Brasil.


Palavras-chave


Sociologia; Ciência Política; Ciências Sociais

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2017 Em Tese

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Em Tese, revista editada por discentes do PPGSP da UFSC, Brasil, ISSNe 1806-5023

Licença Creative Commons
Revista licenciado pela Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.