O desencantamento da política em Max Weber

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1806-5023.2021.e74346

Palavras-chave:

Max Weber, Política, Tipos de dominação, Democracia, Burocracia

Resumo

O artigo aborda a natureza do poder (Macht) em Max Weber. Para tanto, realizamos um duplo exercício: primeiro, revisitar a sociologia da dominação weberiana; segundo, verificar como tais categorias se articulam na obra weberiana por meio da análise de alguns dos seus trabalhos representativos de conjuntura sobre o desenvolvimento político da Alemanha bismarckiana. Tomando os tipos ideais clássicos de dominação como elementos heurísticos de sua Sociologia Política, o objetivo é evidenciar como essa tipologia é empregada nos seus trabalhos político-conjunturais. Para enfrentarmos os objetivos em pauta, recorreremos a uma revisão bibliográfica dos textos do Weber e de comentadores de escol dentro da literatura. As conclusões mostram que aparentes contradições no modelo explicativo do autor decorrem do excessivo rigor em ponderar suas posições até as últimas consequências, muitas vezes, incorrendo em paradoxos irreconciliáveis.

Referências

ARON, Raymond. As etapas do pensamento sociológico. Trad. Sérgio Bath. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

BARBOSA, Maria Lígia; OLIVEIRA, Márcia Gardênia; QUINTANEIRO, Tânia. Um Toque de Clássicos: Durkheim, Marx e Weber. Belo Horizonte: UFMG, 2003.

BERMAN, Marshall. Tudo que é sólido desmancha no ar: a aventura da modernidade. São Paulo: Companhia das Letras, 1986.

BOBBIO, Norberto. Teoria Geral da Política: a Filosofia Política e as Lições dos Clássicos. 11ª ed.Trad. Daniela Beccacia Versiani. Rio de Janeiro: Elsevier, 2000, p. 130-155.

COHN, Gabriel. Crítica e resignação: fundamentos da sociologia de Max Weber. São Paulo: T. A. Queiroz LTDA, 1979.

COHN, Gabriel. (Org). Max Weber: sociologia. 2ª ed. Trad. Amélia Cohn e Gabriel Cohn. São Paulo: Ática, 1982.

ELIAS, Norbert. O processo civilizador: uma história dos costumes. v.1 - 2ª.ed. Trad. Ruy Jungmann. Rev. e apres. Renato Janine Ribeiro. Rio de Janeiro: Zahar, 1994.

GERTH, Hans H. & MILLS, C. Wright. 1982. “Introdução: o homem e sua obra”. In: WEBER, Max. Ensaios de sociologia. 5a ed. Rio de Janeiro: Guanabara.

GIDDENS, Anthony. Política, Sociologia e Teoria Social. 1ª ed. Trad. Cibele Saliba Rizek. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1998.

GIDDENS, Anthony. Capitalismo e Moderna Teoria Social. 6ª ed. Tra. Maria do Carmo Cary. Lisboa: Editorial Presença, 2005.

HELD, David. Modelos de Democracia. Belo Horizonte: Paidéia, 1987.

OFFE, Claus. “A democracia partidária competitiva e o Welfare State keynesiano: fatores de estabilidade e desorganização”. In Problemas estruturais do Estado capitalista, Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1984, p. 356-367.

SELL, C. E. Max Weber: democracia parlamentar ou plebiscitária? Revista Sociologia Política. Curitiba, v. 18, n. 37, out. 2010, p. 137-147.

TRAGTENBERG, Maurício. “Introdução”. In: Metodologia das Ciências Sociais, parte 1. São Paulo: Cortez; Campinas: Editora da Universidade Estadual de Campinas, p. XII-L, 1992.

WEBER, Max. “O Estado nacional e a política econômica”. In: COHN, G. (Org). Max Weber: Sociologia. 2ª ed. Trad. Amélia Cohn e Gabriel Cohn. São Paulo: Ática, 1982, p. 58-78.

WEBER, Max. Ensaios de Sociologia; Trad. Waltensir Dutra – Revisão técnica: Fernando Henrique Cardoso. 5. ed. Rio de Janeiro: LTC Editora, 1982.

WEBER, Max. “A política como vocação”. In: Ensaios de Sociologia. 5. ed. Rio de Janeiro: LTC Editora, 1982a. p. 97-153.

WEBER, Max. “A Sociologia da Autoridade Carismática”. In: Ensaios de Sociologia. 5. ed. Rio de Janeiro: LTC Editora, 1982b. p. 283-291.

WEBER, Max. “O significado da disciplina”. In: Ensaios de Sociologia. 5. ed. Rio de Janeiro: LTC Editora, 1982c. p. 292-305.

WEBER, Max. “Burocracia”. In: Ensaios de Sociologia. 5. ed. Rio de Janeiro: LTC Editora, 1982d. p. 229-282.

WEBER, Max. Economia e sociedade. Brasília, DF: Universidade de Brasília, 1994, v.1.

WEBER, Max. Economia e sociedade. Brasília, DF: Universidade de Brasília, 1999, v.2.

WEBER, Max. Parlamentarismo e governo numa Alemanha reconstruída. In: WEBER, Max. Ensaios de Sociologia e Outros escritos. Coleção Os Pensadores (organizado por Maurício Tragtenberg), São Paulo: Editora Abril Cultural, p. 7-91, 1974.

Downloads

Publicado

2021-02-10

Edição

Seção

Dossiê