A sociologia política de Max Weber na interpretação do nazismo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1806-5023.2021.e75136

Palavras-chave:

Max Weber, Dominação Carismática , Líder Carismático , Hitler , Terceiro Reich

Resumo

O objetivo deste texto é analisar alguns elementos da sociologia política de Weber, sob uma perspectiva conceitual e empírica, por intermédio de uma sociologia histórica da ascensão do Nazismo na Alemanha. Iniciando com escritos políticos de Weber sobre a unificação alemã, nosso destaque maior está voltado para os conceitos de dominação carismática e liderança carismática, recompondo-os em aproximação com elementos históricos da ascensão de Hitler e do Terceiro Reich. Guiando-nos por historiadores especialistas no Nazismo, nossa hipótese é a de que a sociologia da dominação e liderança carismática de Weber nos parece inteiramente adequada para compreender o papel específico de Hitler, particularmente aquele da natureza de seu poder diante da sociedade alemã. A pesquisa é orientada por uma questão metodológica, que pretende ir além do mero contexto histórico e operar uma autêntica passagem da ação social sob certas circunstâncias (generalização de conceitos pela sociologia do carisma) para o transcurso efetivamente dado pela ação, sob circunstâncias parecidas ou singulares (a ascensão do Nazismo), num exercício de adequação

Biografia do Autor

Lucas Cid Gigante, Universidade Federal de Alfenas

Graduado em Ciências Sociais, Mestre e Doutor em Sociologia pela Faculdade de Ciências e Letras (UNESP FCL/Ar), Campus de Araraquara - SP. Professor Associado da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), onde atua no Instituto de Ciências Humanas e Letras desde 2010. Auxiliou na implantação e reconhecimento do curso de Ciências Sociais, que coordenou por quatro anos. Desenvolve duas linhas de pesquisa. A primeira deriva de sua tese de doutorado, tendo como ponto de partida o pensamento de Max Weber, trabalhando os temas Sociologia da Religião, Poder, Dominação e Legitimação. A segunda está voltada para a Sociologia e Psicologia da Música. A partir destas linhas, atualmente desenvolve dois projetos de pesquisa. Um deles revisa o conceito de Dominação Carismática para compreender a ascensão e natureza do poder sob o Terceiro Reich. O outro intercruza a Maçonaria na trajetória social de Mozart, tendo como objeto de estudo a ópera "A Flauta Mágica"

Referências

BENDIX, Reinhard. Max Weber. Um perfil intelectual. Brasília, Editora UNB, 1986

BERNARDO, João. Labirintos do Fascismo. Na encruzilhada da ordem e da revolta. [s.n.], 2015, 2ª ed. Disponível em https://www.marxists.org/portugues/tematica/livros/diversos/labirintos-do-fascismo.pdf. Acesso em 04 de junho de 2020.

EBERLE, Henrik. Cartas para Hitler. São Paulo, Editora Planeta do Brasil, 2010.

ELIAS, Norbert. Os alemães. A luta pelo poder e a evolução do habitus nos séculos XIX e XX. Rio de Janeiro, Zahar, 1997.

EVANS, Richard. O Terceiro Reich no poder. São Paulo, Editora Planeta do Brasil, 2011.

EVANS, Richard. A chegada do Terceiro Reich. São Paulo, Editora Planeta do Brasil, 2008.

GERTH, Hans.; WRIGHT MILLS, Charles. Introdução. O homem e sua obra. In: Max Weber. Ensaios de Sociologia. São Paulo, Zahar, 1974.

KERSHAW, Ian. Hitler. São Paulo, Companhia das Letras, 2010.

MOMMSEN, Wolfgang. Max Weber and german politics. 1890 – 1920. Chicago, The University of Chicago, 1984.

REICH, Wilhelm. Psicologia de massas do fascismo. São Paulo, Martins Fontes, 2001.

RINGER, Fritz. Max Weber. An intellectual biography. Chicago. The University of Chicago, 2004.

ROTH, Guenther. Weber the Would-Be Englishman. In: Weber´s Protestantic Ethic. Origin, Evidence, Contexts. Cambridge University Press, 1993.

SCHLUCHTER, Wolfgang. El desencantamiento del mundo. Seis estudios sobre Max Weber. México, FCE, 2017.

SELL, Carlos Eduardo. Poder instituído e potência subversiva. Max Weber e a dupla face da dominação carismática. Revista brasileira de ciências sociais - vol. 33 N° 98, p. 1-16, 2018. Disponível em https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69092018000300509&lng=pt&nrm=iso. Acesso em 04 de junho de 2020.

SPEER, Albert. Por dentro do III Reich. São Paulo, Círculo do livro, 1975.

TRAGTENBERG, Maurício. Atualidade de Max Weber. In: Max Weber. Metodologia das Ciências Sociais. Campinas, Cortez, 2001, Parte I.

WEBER, Max. Wirtschaft und Gesellschaft. Grundriss der verstehenden Soziologie. Tübigen, Mohr, 1980.

WEBER, Max. Economia e Sociedade. Fundamentos da Sociologia Compreensiva. 4ª ed. Brasília, Editora UNB, 2009, vol.I.

WEBER, Max. Economia e Sociedade. Fundamentos da Sociologia Compreensiva. 4ª ed. Brasília, Editora UNB, 2009b, vol. II.

WEBER, Max. O Estado nacional e a política econômica. In: Weber. Coleção grandes cientistas sociais. São Paulo, Ática, 1999.

Downloads

Publicado

2021-02-10

Edição

Seção

Dossiê