Uma perspectiva transformadora dos conflitos: a experiência da mediação familiar

Autores

  • Deisemara Turatti Langoski Unochapeco
  • Claudete Marlene Fries Bressan Unochapeco
  • Carmen Lucia Carvalho de Souza Unochapeco

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-0221.2012v9n13p128

Palavras-chave:

Mediação familiar, Interdisciplinaridade, Ressignificação

Resumo

O Serviço de Mediação Familiar da UNOCHAPECÓ atua no âmbito do direito de família e é desenvolvido interdisciplinarmente pelos cursos de Direito, Psicologia e Serviço Social em parceria com o Tribunal de Justiça de Santa Catarina. A especificidade do projeto reside na adoção da perspectiva transformadora sobre os conflitos familiares. Trata-se de um método em que os interessados, por intermédio da comunicação, escuta ativa e busca da alteridade e do consenso, constroem alternativas de solução para seus impasses familiares visando a co-responsabilização na busca de uma solução satisfatória para todos os envolvidos. Os atendimentos privilegiam a valorização e o protagonismo dos sujeitos na percepção, significação e ressignificação dos conflitos.

Biografia do Autor

Deisemara Turatti Langoski, Unochapeco

Mestre em Direito pela UFPR. Professora do curso de Direito da Unochapecó.

Claudete Marlene Fries Bressan, Unochapeco

Mestre em Educação pela UPF. Professora do Curso de Serviço Social da Unochapeco.

Carmen Lucia Carvalho de Souza, Unochapeco

Mestre em Psicologia Clínica pela Unisinos, professora do Curso de Psicologia da Unochapeco

Downloads

Publicado

2012-11-21