Divulgação científica: analisando modelos de comunicação da ciência e tecnologia e implicações para o letramento científico e tecnológico

Ruth do Nascimento Firme, Priscila do Nascimento Silva

Resumo


Neste estudo temos como objetivos identificar modelos de comunicação de ciência e tecnologia em atividades de divulgação científica, desenvolvidas através de palestras, no contexto de um projeto de extensão, em duas escolas públicas estaduais da região metropolitana do Recife-PE ao longo de 2015 e analisar implicações para o letramento científico e tecnológico dos alunos. Para análise, selecionamos as palestras “Ciência, Tecnologia e uma Sociedade Sustentável” e “Ciência, Tecnologia e os conflitos ambientais: o caso de Suape”, e consideramos os modelos de comunicação de ciência e tecnologia como categorias analíticas.Nas análises empreendidas identificamos predominantemente os modelos de comunicação contextual, experiência leiga e participação pública. Nesta direção, as atividades de divulgação científica se constituíram como ferramenta para o letramento científico e tecnológico dos alunos ao tempo em que as palestras contribuíram, por exemplo, para compreensão da ciência e da tecnologia como atividades humanas que influenciam e sofrem influência da sociedade.

 

 


Palavras-chave


Letramento Científico; Letramento Tecnológico; Divulgação Científica; Modelos de Comunicação

Texto completo:

PDF

Referências


BAUMGARTEN, M. O debate público de ciência e tecnologia: divulgação, difusão e popularização. Em: KERBAUY, M. T. M.; ANDRADE, T. H. N. de.; HAYASHI, C. R. M. (Org.). Ciência, Tecnologia e Sociedade no Brasil. Campinas, SP: Editora Alínea, 2012.

BAZZO, W. A. Ciência, Tecnologia e Sociedade: e o contexto da educação tecnológica. Florianópolis: Ed. da UFSC, 1998.

BECK, U. Sociedade de risco: rumo a uma outra modernidade. 2ª Ed. São Paulo: Editora 34, 2011.

BECK, U; GIDDENS, A.; LASH, S. Modernização reflexiva: política, tradição e estética na ordem social moderna. Portugal: Celta Editora, 2000.

BUSTAMANTE, J. A integração da ciência, tecnologia e sociedade: o grande desafio da educação no século XXI. Revista Educação Brasileira, v. 19, n. 39, p. 11-20, 1997.

CACHAPUZ, A.; GIL-PEREZ, D.; CARVALHO, A. M. P. de; PRAIA, J.; VILCHES, A. A necessária renovação do ensino das ciências. São Paulo: Cortez, 2005.

FARES, D. C.; NAVAS, A. M., MARANDINO, M. Qual a participação? Um enfoque CTS sobre os modelos de comunicação pública da ciência nos museus de ciência e tecnología. X Reunión de la Red de Popularización de la Ciencia y la Tecnología en América Latina y el Caribe (RED POP - UNESCO) y IV Taller “Ciencia, Comunicación y Sociedad”. San José, Costa Rica, 2007. Disponível em: www.cientec.or.cr/pop/2007/BR-DjanaFares.pdf. Acesso em 30 de maio, 2016.

FERREIRA, L.N.A.; QUEIROZ, S. L. Textos de Divulgação Científica no Ensino de Ciências: uma revisão. Alexandria - Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 5, n. 1, p. 3-31, 2012.

FOUREZ, G. Alfabetización cientifica y tecnológica: acerca de las finalidades de la enseñanza de las ciências. 1ª ed. Ediciones Colihue, 1994.

GIL PÉREZ, D.; VILCHES, A. Contribuição da Educação secundária à formação de cidadãs e cidadãos para uma sociedade sustentável. In: MACEDO, B (org). Cultura científica: um direito de todos. Brasília: UNESCO Brasil, OREALC, MEC, MCT, 2003.

HERCULANO, S. Conflitos e natureza. Em: SILVA, T. A. A. da; GEHLEN, V. R. F. Conflitos socioambientais em Pernambuco. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2013.

RESENDE, L. P.; ROTHBERG, D. Estudos CTS, comunicação e democracia digital. Em: HOFFMANN, W. A. M. (Org.). Ciência, tecnologia e sociedade: desafios para a construção do conhecimento. São Carlos: EDUFScar, 2011.

ROTHBERG, D.; KERBAUY, M. T. M. A relevância da teoria da sociedade de risco para os estudos sociais de ciência e tecnologia. Em: HAYASHI, M. C. P. I.; RIGOLIN, C. C. D.; KERBAUY, M. T. M. (Org.). Sociologia da ciência: contribuições ao campo CTS. Campinas, SP: Editora Alínea, 2014.

SANTOS, W. L. P. dos. Letramento em química, educação planetária e inclusão social. Revista Química Nova, v. 29, n. 3, p. 611-620, 2006.

SILVEIRA, K. A; BARROS, A. P. de. Conflitos socioambientais e participação social no complexo industrial de Suape. Em: SILVA, T. A. A. da; GEHLEN, V. R. F. Conflitos socioambientais em Pernambuco. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2013.




DOI: https://doi.org/10.5007/1807-0221.2016v13n24p19



Extensio: R. Eletr. de Extensão, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1807-0221.