Conceitos e práticas em saúde: a enfermagem comemorando o Dia Internacional da Saúde

Jeane Barros de Souza, Ângela Urio, Maraisa Manorov, Daniela Savi Geremia, Adriana Hillesheim, Valéria Silvana Faganello Madureira

Resumo


Tem-se por objetivo compartilhar a experiência do planejamento e execução de atividades em comemoração ao Dia Mundial da Saúde na universidade. As atividades foram organizadas por estudantes e docentes de graduação em enfermagem, de uma universidade federal do oeste catarinense, em abril de 2018. Foram organizadas três rodas de conversa na entrada do hall principal da universidade, oportunizando a participação de aproximadamente 40 pessoas em cada turno. Sobre o significado de saúde, os participantes consideraram o completo bem-estar biopsicossocial, o direito a alimentação, lazer, moradia, trabalho, bem como acesso ao sistema de saúde. Alguns participantes consideraram que a saúde mental pode ser prejudicada devido à pressão, ao estresse e às exigências da vida acadêmica. Torna-se imprescindível a continuidade de atividades como essa que oportunizem discussões sobre diversos temas, tanto na universidade como em outros espaços comunitários.


Palavras-chave


Saúde; Universidade; Enfermagem; Determinantes de Saúde

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, N.D. A saúde no Brasil, impasses e desafios enfrentados pelo Sistema Único de Saúde – SUS. Revista Psicologia e Saúde, v. 5, n. 1, p. 01-09, jan./jun. 2013. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/rpsaude/v5n1/v5n1a02.pdf. Acesso em: 16 dez. 2018.

ARAÚJO, J.S.; XAVIER, M. P. O conceito de saúde e os modelos de assistência: considerações e perspectivas em mudança. Revista Saúde em Foco, Teresina, v. 1, n. 1, art. 10, p. 137- 49, jan. / jul. 2014. Disponível em: http://www4.fsanet.com.br/revista/index.php/saudeemfoco/article/viewFile/326/382&gws_rd=cr&ei=ycB-WJeGNMebwASnrrrwAg. Acesso em: 16 dez. 2018.

BEZERRA, I.M.P.; SORPRESO, I.C.E. Conceitos de saúde e movimentos de promoção da saúde em busca da reorientação de práticas. Journal of Human Growth and Development. [online]. 2016, vol. 26, n.1, p. 11-20. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12822016000100002&lng=pt&nrm=iso. Acesso em 06 jun. 2018.

BOORSE, C. Health as a theoretical concept. Philosophy of Science, v. 44, p. 542-73, 1977. Disponível em: https://bioetyka.uw.edu.pl/wp-content/uploads/2014/10/06_BoorseHealthConcept.pdf. Acesso em: 17 dez. 2018.

BRASIL. 8ª Conferência Nacional de Saúde. Relatório Final. 1986. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/8_conferencia_nacional_saude_relatorio_final.pdf. Acesso em: 03 jun. 2018.

BRASIL. Constituição da república Federativa do Brasil, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm. Acesso em 28 maio 2018.

BUSS, P.M.; PELLEGRINI FILHO, A. A Saúde e seus Determinantes Sociais. PHYSIS: Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 17, n. 1, p. 77-93, 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/physis/v17n1/v17n1a06.pdf. Acesso em: 03 jun. 2018.

FLECK, M.P.A. O instrumento de avaliação de qualidade de vida da Organização Mundial da Saúde (WHOQOL-100): características e perspectivas. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 5, n. 1, p. 33-38, 2000. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232000000100004&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 16 dez. 2018.

FONTES, A.C.D.; VIANNA R.P.T. Prevalência e fatores associados ao baixo nível de atividade física entre estudantes universitários de uma universidade pública da região Nordeste - Brasil. Revista Brasileira de Epidemiologia, São Paulo, v. 12, n. 1, p. 20-29, mar. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbepid/v12n1/03.pdf . Acesso em: 28 maio 2018.

FREITAS G.F.; FUGULIN F.M.T.; FERNANDES M.F.P. A regulação das relações de trabalho e o gerenciamento de recursos humanos em enfermagem. Revista Escola de Enfermagem da USP, v. 40, n. 3, p. 434-38, 2006. Disponível em: http://www.ee.usp.br/reeusp/upload/pdf/272.pdf. Acesso em: 29 maio 2018.

LOPES, A.S.; PIRES NETO, C. S. Estilo de vida de crianças com diferentes características étnico-culturais do estado de Santa Catarina, Brasil. Revista de Atividade Física & Saúde, Pelotas, v. 6, n. 3, p. 6-15, 2001. Disponível em: https://doi.org/10.12820/rbafs.v.6n3p6-16. Acesso em: 28 maio 2018.

MOURA, A.F.; LIMA, M.G. A reinvenção da roda: roda de conversa: um instrumento metodológico possível. Revista Temas em Educação, João Pessoa, v. 23, n. 1, p. 98-06, jan./jun. 2014. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Downloads/18338-39759-1-PB.pdf. Acesso em: 13 maio 2018.

NAHAS, M.V. Estilo de vida e o conceito de saúde positiva. Fundamentos da Aptidão Física Relacionada à Saúde. Florianópolis: Editora da UFSC; 1989: 16-9.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Constituição da Organização Mundial da Saúde, 1946. Disponível em: http://www.direitoshumanos.usp.br/index.php/OMS-Organiza%C3%A7%C3%A3o-Mundial-da-Sa%C3%BAde/constituicao-da-organizacao-mundial-da-saude-omswho.html. Acesso em: 25 mai. 2018.

PEREIRA, É.F.; TEIXEIRA, C.S.; SANTOS, A. Qualidade de vida: abordagens, conceitos e avaliação. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 26, n. 2, p. 241-50, abr. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbefe/v26n2/07.pdf. Acesso em: 27 maio 2018.

SILVA, E.C.; HELENO, M.G.V. Qualidade de Vida e Bem-Estar Subjetivo de Estudantes Universitários. Revista Psicologia e Saúde, Campo Grande, v. 4, n. 1, p. 69-76, jan. 2012. Disponível em: http://dx.doi.org/10.20435/pssa.v4i1.126. Acesso em: 28 mai. 2018

SCLIAR, M. História do Conceito de Saúde. Physis: Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 17, n. 1, p. 29-41, mar. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/physis/v17n1/v17n1a03.pdf. Acesso em: 12 maio 2018.

TORQUATO, J.A. et al. Avaliação do estresse em estudantes universitários. Revista Científica Internacional, v. 3, n. 14, p. 140-154, jan. 2010. Disponível em: http://interscienceplace.org/isp/index.php/isp/article/view/142/141. Acesso em: 28 maio 2018.

VICTOR. Dia Mundial da Saúde: o que é, como surgiu, objetivos, tema de 2018. 2018. Disponível em: https://minutosaudavel.com.br/dia-mundial-da-saude/. Acesso em: 25 maio 2018.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. The Ottawa Charter for Health Promotion. Geneva: World Health Organization; 1986. Disponível em: https://www.who.int/healthpromotion/conferences/previous/ottawa/en/. Acesso em 28 maio 2018.

WHOQOL Group. The development of the World Health Organization quality of life assessment instrument. In: ORLEY, J.; KUYKEN, W. (Eds.). Quality of life assessment: international perspectives. Heidelberg: Springer, 1994, p. 41-60.




DOI: https://doi.org/10.5007/1807-0221.2019v16n33p123



Extensio: R. Eletr. de Extensão, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1807-0221.