A promoção de saúde mental em idosos não-institucionalizados atendidos pelo SUS: gerações do fazer saúde

Autores

  • Marcello José Ferreira Silva Universidade Federal do Pará
  • Nicole Morais Dillon Universidade Federal do Pará
  • Ana Clara Araújo Universidade do Estado do Pará
  • Bryan Skywalker Rufino Andrade Universidade Federal do Pará
  • Luiz Wanderley Fontel dos Reis Junior Universidade Federal do Pará
  • Luiz Lima Bonfim Neto Universidade Federal do Pará
  • Carla Mércia Souza Dacier Lobato Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-0221.2020v17n36p159

Palavras-chave:

Idosos, Saúde mental, Educação em saúde, Prevenção

Resumo

Agravos de saúde mental em pessoas idosas representam um problema de saúde pública mundial, à medida que aumentam a quantidade de hospitalizações e a taxa de mortalidade. O objetivo desse estudo foi de que, seguindo a linha de desenvolvimento de meios e processos de produção e de inovação, foram realizadas atividades de educaçãoem saúde mental em população idosa não-institucionalizada, usuárias de Unidades Municipais de Saúde na periferia de Belém (PA), entre março de 2017 e 2018. Percebeu-se interesse da população alvo em participar das discussões e das atividades. Assim, ficou evidente a relevância da utilização de estratégias de educação em saúde como forma de prevenção de doenças de saúde mental.

Biografia do Autor

Marcello José Ferreira Silva, Universidade Federal do Pará

Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Pará (UFPA).

Nicole Morais Dillon, Universidade Federal do Pará

Discente do curso de Medicina da Universidade Federal do Pará (UFPA).

Ana Clara Araújo, Universidade do Estado do Pará

Discente do curso de Medicina da Universidade do Estado do Pará (UEPA).

Bryan Skywalker Rufino Andrade, Universidade Federal do Pará

Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Pará (UFPA).

Luiz Wanderley Fontel dos Reis Junior, Universidade Federal do Pará

Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Pará (UFPA).

Luiz Lima Bonfim Neto, Universidade Federal do Pará

Discente do curso de medicina da Universidade Federal do Pará (UFPA).

Carla Mércia Souza Dacier Lobato, Universidade Federal do Pará

Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Pará. Mestre em Medicina (Cardiologia) pela Universidade Federal de São Paulo. Doutora em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários pela Universidade Federal do Pará.

Referências

ANDRADE, F. B.,et al. Promoção da saúde mental do idoso na atenção básica: as contribuições da terapia comunitária. Texto & Contexto Enfermagem, Florianópolis, v. 19, n. 1, p. 129-136, 2010.

BRASIL. Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Brasília-DF: Ministério da Saúde, 2017. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2017/prt2436_22_09_2017.html. Acesso em: 24 fev. 2019.

FALCÃO, D. V. S. & Carvalho, I. S. Idosos, gênero e saúde mental. In: FALCÃO, D. V. S.; ARAÚJO, L. F. (orgs). Idosos e saúde mental. Campinas: Papirus Editora, 2018. Cap. 1, p.11-23.

FERREIRA, D. M. L., FALCÃO, D. V. S. A velhice e a Psicoterapia na Perspectiva de Pessoas Idosas In: FALCÃO, D.V. S., DIAS, C. M. S. B. Maturidade E Velhice Vol. i. Casa do Psicólogo, 2006. cap. 19, p. 423-443.

LIMA, A. M. P., RAMOS, J. L. S., BEZERRA, I. M. P., ROCHA, R. P. B., BATISTA, H. M. T., PINHEIRO, W. R. Depressão em idosos: uma revisão sistemática da literatura. Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção, v. 6, n. 2, p. 96-103, 2016.

MAGALHÃES, J. M., CARVALHO, A. D. M. B., CARVALHO, S. M., ALENCAR, D. D. C., MOREIRA, W. C., PARENTE, A. D. C. M. Depressão em idosos na estratégia saúde da família: uma contribuição para a atenção primária. REME rev. min. enferm, v. 20, 2016.

MATOS, A. I. P. Efeito de dois programas: intervenção psicomotora e treino cognitivo, na Função Cognitiva e Depressão em Idosos. 2016. Dissertação de Mestrado. MS thesis. 2016.

SANTOS, C. A., RIBEIRO, A. Q., ROSA, C. D. O. B., RIBEIRO, R. D. C. L. Depressão, déficit cognitivo e fatores associados à desnutrição em idosos com câncer. Ciência & Saúde Coletiva, v. 20, p. 751-760, 2015.

SILVA, A. R., SGNAOLIN, V., NOGUEIRA, E. L., LOUREIRO, F., ENGROFF, P., GOMES, I. Doenças crônicas não transmissíveis e fatores sociodemográficos associados a sintomas de depressão em idosos. J BrasPsiquiatr, v. 66, n. 1, p. 45-51, 2017.

TAVARES, G. M. S., MULLER, D. V. K., FÃO, R. N., MANFREDINI, V., PICCOLI, J. D. C. E., SCNHEIDER, R. H. Análise da força de preensão palmar e ocorrência de quedas em idosas. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, v. 24, n. 3, p. 19-25, 2016.

Downloads

Publicado

2020-08-21