Projeto de extensão Faladeiras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-0221.2020v17n36p175

Palavras-chave:

Extensão universitária, Formação feminista, Violência de gênero

Resumo

O projeto de Extensão Faladeiras é um projeto feminista e está vinculado ao Núcleo de Estudos em Serviço Social e Organização Popular (NESSOP) do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina. Caracteriza-se como ação junto à comunidade, tendo como foco principal a violência de gênero. Da primeira edição em 2017 até agora, o projeto original sofreu modificações, especialmente por avaliações permanentes com as participantes do projeto. Assim, o principal objetivo deste Relato de Experiência é, além de socializar a prática de um projeto de extensão, sinalizar a importância do contexto para indicar as necessidades de mudanças, o que pode ser visto na apresentação das edições. Esse deve ser o compromisso da Universidade Pública com a defesa dos direitos da população, na luta contra todas as formas de opressão e exploração vigentes.

Biografia do Autor

Maria Regina de Avila Moreira, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduação em Serviço Social pela Universidade Federal Fluminense UFF (1983). Especialização em Saúde Pública na Fundação Osvaldo Cruz/RJ (1984). Mestrado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC/SP (1998). Doutorado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC/SP (2003). Professora no Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina.

Christiane dos Santos Luciano, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduada em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina. Pós-Graduanda do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina (Mestrado).

Cynthia Ribeiro Luiza do Amaral, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduanda em Serviço Social na Universidade Federal de Santa Catarina.

Débora Zanghelini, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduanda em Serviço Social na Universidade Federal de Santa Catarina.

Ingrid de Cássia Souza de Oliveira, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduação em Serviço Social pela Universidade Federal de Santa Catarina. Especialização em Saúde da Mulher e da Criança pelo Programa de Residência Multiprofissional em Saúde do Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Assistente Social no CRAS de Piçarras/SC.

Maria Cecilia Olivio, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduação em Serviço Social pela Universidade Estadual de Londrina. Mestre em Serviço Social pela Universidade Federal de Santa Catarina. Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social pela Universidade Federal de Santa Catarina. Assistente Social do CRAS Sul III - Florianópolis/SC.

Referências

BEHRING, Elaine Rossetti. Política Social no contexto da crise capitalista. In: CFESS (org.).Serviço Social: direitos sociais e competências profissionais. Brasília: Cfess; Abepss, 2009. p. 301-322.

BRAVO, Maria Inês Souza; CORREIA, Maria Valéria Costa. Desafios do controle social na atualidade. Serviço Social & Sociedade, São Paulo, n. 109, p. 126-150, mar. 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-66282012000100008. Acesso em: 10 ago. 2020.

DAVIS, Angela Yvonne. Mulheres, cultura e política. São Paulo: Boitempo, 2017. 196 p.

FALADEIRAS. Isolamento social e violência contra a mulher: contribuições ao debate. Florianópolis: Faladeiras, 2020. 29 p. Disponível em: https://suassccovid19.files.wordpress.com/2020/05/violecc82nciadomestica_covidsc_faladeiras-1.pdf. Acesso em: 08 ago. 2020.

MIOTO, Regina Célia. Orientação e acompanhamento social a indivíduos, grupos e famílias. In: CFESS (org.).Serviço Social: direitos sociais e competências profissionais. Brasília: Cfess; Abepss, 2009. p. 497-512.

SAFFIOTI, Heleieth I. B. Gênero, patriarcado e violência. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2004.

SANTOS, Milton. O Espaço do cidadão. 4. ed. São Paulo: Nobel, 1998. 142 p. (Coleção Espaços).

Publicado

2020-08-21