O uso de mapas conceituais como recurso didático para aprendizagem de conceitos na disciplina de Interação Humano-Computador

André Barros de Sales, Lucas Douglas N. Coelho, Márcia Barros de Sales

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1807-0221.2012v9n14p66

A busca por mecanismos para melhorar o processo de ensino-aprendizagem tem sido um dos desafios dos educadores. Nesse contexto e diante da necessidade de oferecer ao aluno recursos didáticos que o envolva no processo de aprendizagem surgem os Mapas Conceituais que são alicerçados na teoria da aprendizagem significativa de Ausubel. Assim, o presente trabalho tem como objetivo analisar a avaliação dos alunos quanto à abordagem dos mapas conceituais em sala de aula, para avaliar o potencial didático dessa ferramenta. Participaram desse estudo 16 alunos matriculados na disciplina de Interação Humano-Computador do curso de Engenharia de Software da Universidade de Brasília. Esses avaliaram o uso de mapas conceituais como potencial recurso didático para aprendizado de novos conceitos.


Palavras-chave


Mapas Conceituais; Aprendizagem significativa; Interface Humano-computador.

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-0221.2012v9n14p66



Extensio: R. Eletr. de Extensão, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1807-0221.