O grupo como fator de inclusão socioafetiva na terceira idade

Alexandra Cardoso da Silva, Emiliana Cardoso da Silva

Resumo


 

O objetivo deste trabalho é o de demonstrar que a Dinâmica de Grupos - Grupo de Encontros Rogeriano - é fator de interação social na Terceira Idade, promovendo a integração dos idosos em grupos substitutivos devolvendo-lhes a auto-estima e cidadania. A experiência foi realizada no NETI / UFSC, com vários grupos a partir de 2001. Efetuaram-se 30 encontros com duração de duas horas cada sessão, ministrado por 2 facilitadoras . Como conclusão constatou-se que existe um processo adaptativo na velhice estimulando a formação dessas mudanças é multidimensional: a área emcional facilita a expressão dos sentimentos positivos; na cognitiva estimula aprendizagens relativas ao seu Eu e ao dos Outros; na comportamental á competência pessoal e social.

 


Palavras-chave


Grupo de Encontros; Grupo secundário; Idosos; Integração; Experiência

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-0221.2013v10n15p44



Extensio: R. Eletr. de Extensão, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1807-0221.