Educação ambiental em gestão de resíduos e uso de biodigestor em escola pública de Florianópolis

Stéfano Gomes Kretzer, Alberto Kazushi Nagaoka, Thiago Ezio Moreira, Fernando Cesar Bauer, José Guilherme Cesário Pereira Pinto

Resumo


 

 

A educação básica pode ser vista como a principal etapa do desenvolvimento pessoal, onde deve ser abordada a educação ambiental como processo educativo e o desenvolvimento integral da criança, trazendo assim novos conhecimentos. Visando melhorias nas condições e qualidade de vida, o presente trabalho tem por objetivo mostrar a importância da gestão ambiental, abordando a seletividade do lixo, fontes de energia, como minimizar o descarte incorreto de resíduos orgânicos e inorgânicos e sua reutilização para crianças de uma escola de educação básica municipal de Florianópolis. Para maior compreensão dos participantes, foram realizadas visitas de campo, palestras e utilização de material didático, como maquetes e biodigestores em miniatura, sendo que todos contribuíram com suas experiências, opiniões e dúvidas, promovendo maior eficiência do trabalho, sempre buscando uma gestão participativa. Todos compartilharam na construção de um biodigestor em forma de oficina teórico-prática através de métodos simples e acessíveis, o mesmo foi abastecido por restos orgânicos provenientes da cozinha da escola. Os resultados indicaram que o tema ambiental abordado é de grande importância nas escolas, além de realizar programas de eco alfabetização com grande enfoque em sala de aula, os jovens se sensibilizam com essas questões, o que pode ser fruto da atuação de uma educação ambiental eficaz e esclarecedora. Dessa maneira, conclui-se que a parceria entre universidade, com educação ambiental e escolas do ensino fundamental, com uma gestão participativa é um bom caminho para incorporação de novas práticas e fortalecimento da consciência ecológica.


Palavras-chave


Eco alfabetização; Consciência ecológica; Auto sustentabilidade

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-0221.2015v12n19p2



Extensio: R. Eletr. de Extensão, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1807-0221.