A extensão em educação especial e o processo formativo de licenciandos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-0221.2021.e77460

Palavras-chave:

Educação Especial, Formação Docente, Extensão Universitária

Resumo

O presente estudo apresenta uma reflexão acerca das possibilidades desencadeadas por um projeto de extensão para o processo formativo dos participantes referente à área da Educação Especial e/ou Educação Inclusiva. Para tanto, foi utilizado o grupo focal para a produção dos dados, com estes sendo submetidos à análise de conteúdo. Integraram a pesquisa 15 participantes do projeto (14 graduandos e um graduado em cursos de licenciatura). Em relação aos resultados foram criadas duas categorias: 1) “Nunca tinha discutido e estudado sobre a deficiência. Não se pesquisa, não se fala sobre o assunto”; e 2) “Os conhecimentos construídos no projeto foram muito importantes. São eles que têm transformado a minha docência”. A partir das categorias observou-se certa dificuldade dos participantes em identificar ações extensionistas voltadas à Educação Especial e/ou Inclusão, tendo o projeto em questão se caracterizado como relevante, em vista ao enriquecimento e às modificações que suscitou no processo formativo dos participantes.

Biografia do Autor

Renato Vitor da Silva Tavares, Universidade Federal de Alagoas

Graduado em Educação Física pela Universidade Federal de Alagoas e Especialista em Educação Inclusiva pela Universidade Estadual de Alagoas.

Neiza de Lourdes Frederico Fumes, Universidade Federal de Alagoas

Doutora em Ciências do Desporto e Educação Física pela Universidade do Porto. Docente Titular do Instituto de Educação Física e Esporte da Universidade Federal de Alagoas e Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Alagoas.

Referências

ALVES, Ivelise Kraide. A Formação do Docente no Contexto da Educação Inclusiva. Monografia (Especialização em Educação Especial e Processos Inclusivos) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/69898/000874685.pdf. Acesso em: 26 dez. 2019.

BACKES, Dirce Stein. et al. Grupo focal como técnica de coleta e análise de dados em pesquisas qualitativas. O Mundo da Saúde. São Paulo, v. 35, n. 4, 2011. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/artigos/grupo_focal_como_tecnica_coleta_analise_dados_pesquisa_qualitativa.pdf. Acesso em: 26 dez. 2019.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. 6. ed. Lisboa: Edições 70, 2011.

BRANCATTI, Paulo Roberto. O papel da disciplina educação física para pessoas com necessidades especiais no curso de licenciatura em Educação Física da FCT/UNESP de Presidente Prudente. In: III CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL, 2008, São Carlos. Anais do III Congresso Brasileiro de Educação Especial. São Carlos: Universidade Federal de São Carlos, 2008.

BRASIL. Senado Federal. Constituição da República Federativa do Brasil – 1988. Brasília, DF: Centro Gráfico, 1988.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Ensino Superior. Fórum de Pró-Reitores de Extensão nas Universidades Públicas Brasileiras. Indissociabilidade entre ensino-pesquisa-extensão e a flexibilização curricular: uma visão da extensão. Porto Alegre: UFRGS; Brasília: MEC/Sesu, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial (SEESP). Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília, DF: MEC/SEESP, 2008.

BRASIL. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação – PNE 2014-2024 e dá outras providências. Brasília, Câmara dos Deputados: Edições Câmara, 2014.

CARNEIRO, Moaci Alves. LDB fácil: leitura crítico-compreensiva artigo por artigo. Petrópolis: Vozes, 2015.

CASTRO, Luciana Maria Cerqueira. A universidade, a extensão universitária e a produção de conhecimentos emancipadores. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 27, 2004, Caxambu. Anais... Caxambu: ANPEd, 2004.

CAVALCANTE, Ricardo Bezerra; CALIXTO, Pedro; PINHEIRO, Marta Macedo Kerr. Análise de conteúdo: considerações gerais, relações com a pergunta de pesquisa, possibilidades e limitações do método. Revista Informação & Sociedade: Estudos. João Pessoa, v. 24, n. 1, jan./abr. 2014. Disponível em: http://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/10000/10871. Acesso em: 23 dez. 2019.

DAGNINO, Renato. Como é a universidade de que o Brasil precisa? Revista Avaliação. Campinas, Sorocaba, v. 20, n. 2, jul. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/aval/v20n2/1414-4077-aval-20-02-00293.pdf. Acesso em: 22 dez. 2019.

DEBUS, Mary. Manual para excelencia en la investigación mediante grupos focales. Washington D.C. Academy for Educational Development, 1997.

FERNANDES, Edicléa Mascarenhas. et. al. A inclusão de pessoas com necessidades especiais através dos projetos de extensão do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação Inclusiva da UERJ. Interagir: Pensando a Extensão, Rio de Janeiro, n. 7, jan./jul. 2005. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/interagir/article/view/21396/15514. Acesso em: 19 nov. 2019.

GÓES, Maria Cecília Rafael de; FERREIRA, Júlio Romero. Sobre inclusão, políticas públicas e práticas pedagógicas. In: GÓES, Maria Cecília Rafael de; LAPLANE, Adriana Lia Friszman de. Políticas e práticas de educação inclusiva. 4. ed. Campinas: Autores Associados, 2013, p. 21-44.

GONÇALVES, Nadia Gaiofatto. Indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão: um princípio necessário. Perspectiva. Florianópolis, v. 33, n. 3, set/dez. 2015. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/perspectiva/article/viewFile/37162/pdfa. Acesso em: 26 dez. 2019.

LUSTOSA, Ana Valéria Marques Fortes. Teses e dissertações em Educação Especial na região nordeste no período de 1997 a 2012. Revista Educação Especial. Santa Maria, v. 31, n. 60, jan./mar. 2018. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/18997/pdf. Acesso em: 30 nov. 2019.

MACIEL, Lucas Ramalho. Política Nacional de Extensão: Perspectivas para a Universidade Brasileira. Participação. Brasília, v. 10, n. 18, dez. 2011. Disponível em: http://periodicos.unb.br/index.php/participacao/article/view/22735. Acesso em: 16 ago. 2019.

MARTINS, Lúcia de Araújo Ramos. Reflexões sobre a formação de professores com vistas à educação inclusiva. In: MIRANDA, Theresinha Guimarães; GALVÃO FILHO, Teófilo Alves (Orgs.). O professor e a educação inclusiva: formação, práticas e lugares. Salvador: EDUFBA, 2012. p. 25-38.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. (Org.) Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2001.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 14. ed. São Paulo: Hucitec, 2014.

MOITA, Filomena Maria Gonçalves da Silva Cordeiro; ANDRADE, Fernando Cézar Bezerra de. Ensino-pesquisa-extensão: um exercício de indissociabilidade na pós-graduação. Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro, v. 14, n. 41, maio/ago. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v14n41/v14n41a06.pdf. Acesso em: 23 dez. 2019.

MOREIRA, Laura Ceretta. Universidade e alunos com necessidades educacionais especiais: das ações institucionais às práticas pedagógicas. Tese (Doutorado em Educação), Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.

NASCIMENTO, Simone do Socorro Freitas do. Representações sociais de professores sobre formação continuada em Educação Especial. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro, 2008. Disponível em: http://estacio.br/mestrado/educacao/dissertacoes/Dissert_RSPE_simone_do_socorro.pdf. Acesso em 26 dez. 2019.

NORONHA, Lilian Freire. Formação continuada de professores do ensino médio para a educação especial na perspectiva da educação inclusiva. Mestrado Profissional em Ensino Tecnológico – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas, Campus Manaus Centro, 2017. Disponível em: http://repositorio.ifam.edu.br/jspui/handle/4321/77. Acesso em: 23 dez. 2019.

PAULA, João Antônio de. A extensão universitária: história, conceito e propostas. Interfaces – Revista de Extensão. Belo Horizonte, v. 1, n. 1, jul./nov. 2013. Disponível em: https://www.ufmg.br/proex/revistainterfaces/index.php/IREXT/article/view/5/pdf. Acesso em: 21 dez. 2019.

PAVEZI, Marilza; MAINARDES, Jefferson. A pesquisa sobre a política de Educação Especial no Estado de Alagoas (2003-2015): um levantamento preliminar. In: V CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO/VIII CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO, 2016, Goiânia. Anais do V Congresso Ibero-Americano de Política e Administração da Educação/VII Congresso Luso Brasileiro de Política e Administração da Educação. Disponível em: http://www.anpae.org.br/iberoamericano2016/publicacao/cntnt/artigos/eixo_1/E1_A073.html. Acesso em: 22 dez. 2019.

PIZZOL, Silvia Janine Servidor de. Combinação de grupos focais e análise discriminante: um método para tipificação de sistemas de produção agropecuária. Revista de Economia e Sociologia Rural. Brasília, v. 42, n. 3, jul./set. 2004. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/resr/v42n3/24505.pdf. Acesso em: 21 dez. 2019.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas de pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

RESENDE, Márcia Colamarco Ferreira. et al. A curricularização das práticas de extensão na PUC Minas. Conecte-se! Revista Interdisciplinar de Extensão. Belo Horizonte, v. 1, n. 2, 2017. Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/conecte-se/article/view/16748. Acesso em: 21 dez. 2019.

SANTOS, Soraya Dayanna Guimarães. Docência no processo de inclusão do estudante com deficiência em cursos de Educação Física: análise do contexto universitário brasileiro e português. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Alagoas, Centro de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Maceió, 2016. Disponível em: http://www.repositorio.ufal.br/handle/riufal/1657. Acesso em: 21 dez. 2019.

SANTOS, João Henrique de Sousa; ROCHA, Bianca Ferreira; PASSAGLIO, Kátia Tomagnini. Extensão Universitária e Formação no Ensino Superior. Revista Brasileira de Extensão Universitária. Chapecó, v. 7, n. 1, maio 2016. Disponível em: https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/RBEU/article/view/3087. Acesso em: 23 dez. 2019.

SILVEIRA, Denise Tolfo; CÓRDOVA, Fernanda Peixoto. A pesquisa científica. In: GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo. (Orgs.). Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009. p. 31-42.

SOUSA, Kelly Cristina de. A formação docente para a educação especial e a prática profissional do professor. Dissertação (Mestrado em Docência e Gestão da Educação) – Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Fernando Pessoa, Porto, 2017. Disponível em: https://bdigital.ufp.pt/bitstream/10284/6041/4/DM_Kelly%20de%20Sousa.pdf. Acesso em: 22 dez. 2019.

TRAD, Leny Alves Bomfim. Grupos focais: conceitos, procedimentos e reflexões baseadas em experiências com o uso da técnica em pesquisas de saúde. Physis. Rio de Janeiro, v. 19, n. 3, 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/physis/v19n3/a13v19n3.pdf. Acesso em: 22 dez. 2019.

Downloads

Publicado

2021-08-26