Análise multitemporal do uso da terra por sensoriamento remoto para as diferentes unidades pedológicas da bacia do rio Jardim, importante produtora agrícola do Distrito Federal

Leonardo Figueiredo de Freitas

Resumo


A análise multitemporal de imagens de satélite foi aplicada a
uma bacia hidrográfica no bioma do Cerrado para verificar a
relação entre as transformações antrópicas e as características
pedológicas da área. Uma série temporal de imagens Landsat foi classificada pela mistura espectral para confeccionar três mapas de uso da terra. A partir das comparações entre os referidos mapas e as classes de solo foi possível quantificar a modificação em cada porção da paisagem, identificando-se a evolução do antropismo de acordo com os aspectos edáficos da região. Verificou-se que a vegetação original perdeu espaço para a agricultura entre 1994 e 2002, ao mesmo tempo em que aumentaram as áreas com inovações tecnológicas de irrigação. Ambos processos sofreram influências da pedologia da bacia.


Palavras-chave


Análise multitemporal; Mistura espectral; Uso da terra; Multitemporal analysis; Spectral mixture; Land use

Texto completo:

PDF/A


Geosul, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. eISSN 2177-5230

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.